Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Rancho de Vilar, Fernando Pereira, José António Carvalho e Carmo Bica homenageados no Feriado Municipal

Vouzela celebra o seu Feriado Municipal a 14 de maio. Como é tradição neste dia, todos os anos a Câmara Municipal presta homenagem a personalidades ou instituições que se notabilizam ou notabilizaram pelos seus méritos pessoais ou feitos cívicos, contribuindo diariamente para o desenvolvimento e afirmação do concelho.

Em 2021, o executivo da Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, na reunião de câmara de 27 de abril, prestar homenagem ao Rancho Folclórico de Vilar de São Miguel do Mato, ao professor Fernando Marques Pereira, ao empresário António José Carvalho, e a título póstumo à engenheira Maria do Carmo Bica.

Na sessão solene, que se realizou no cineteatro João Ribeiro, o presidente da Câmara Municipal, Rui Ladeira, evidenciou os percursos dos quatro homenageados reconhecendo o seu percurso e a intervenção que têm tido e que “muito tem contribuído para o prestígio, desenvolvimento e progresso da nossa terra”.

O Rancho Folclórico de Vilar de São Miguel do Mato, constituído em 1983 por Armando da Costa, é atualmente o único rancho federado do concelho. Já percorreu quase todas as regiões do país, divulgando a Cultura Popular da Região de Lafões. “A Câmara Municipal e todos os Vouzelenses orgulham-se do vosso percurso, da vossa missão e da vossa história, uma história que merece ser celebrada e homenageada”, disse na ocasião o autarca.

Natural de Igarei, Fernando Marques Pereira nasceu a 15 de março de 1961. Apesar da sua deficiência visual se ter manifestado desde muito novo, essa incapacidade nunca definiu Fernando Pereira que sempre soube conviver com ela. É professor do Ensino Básico, 2º ciclo, é músico e canto – autor, criador de músicas pedagógicas para os alunos e para acompanhar os livros infantis que escreve, tendo editado 7 até ao momento. É cofundador, professor, ensaiador e responsável pelo Grupo de Cavaquinhos e Cantares à Beira de 1992 a 1998, foi cofundador e presidente da ACAPO Delegação de Viseu de 1997 a 2002; foi presidente da Associação Cultural e Recreativa de Igarei nos anos 90, desde 2007 e até ao presente é vice presidente do Conselho Diretivo dos Baldios de Igarei. É proprietário da Casa de Igarei Turismo – rural casa de campo. “Orgulhoso da sua terra e das suas origens, é uma voz ativa na sua comunidade, que o ouve e o estima. A freguesia de Queirã e o concelho de Vouzela reconhecem o seu valor e esta homenagem é o reflexo dessa gratidão que todos lhe temos”, sublinhou Rui Ladeira.

António José Ferreira de Carvalho nasceu a 2 de dezembro de 1960, na localidade de Caveirós de Baixo, na freguesia de Cambra. Na década de 80 inicia a sua vida profissional numa agência de viagens onde teve a oportunidade de viajar por todo mundo, atividade que o ajudou a despertar o gosto por antiguidades e pelo turismo. Nos anos noventa abre um antiquário em Vouzela e depois uma casa de compra de ouro em segunda mão e venda de ouro para investimento. Em 2008, aposta no turismo e abre a “Casa Museu”, em Vouzela, Em 2016 decide ampliar o seu negócio, abrindo vários alojamentos locais numa vertente low-cost. Brevemente irá abrir o “BIKEINN” e a “Casa das Ameias”, uma das mais emblemáticas casas da região de Lafões e arredores e que esteve em ruínas mais de 40 anos. “O concelho agradece a aposta que fizeram e continuam a fazer na nossa vila, a riqueza que criam, a dinâmica que imprimem ao nosso setor turístico.”, enalteceu o presidente da câmara.

Maria do Carmo Bica nasceu em 1963 em Paços de Vilharigues. Era engenheira agrícola, tendo, no início dos anos 90 ingressado no Ministério da Agricultura, trabalhando na fase final da sua vida na Rede Rural Nacional, uma plataforma da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural para promover a participação e o trabalho conjunto entre os agentes de desenvolvimento rural em Portugal.

O percurso associativo de Carmo Bica levou-a a dirigir, durante 18 anos, a Associação de Desenvolvimento Rural de Lafões e a presidir à Cooperativa 3 Serras de Lafões. Foi também dirigente da Confederação Nacional de Agricultura enquanto representante da Associação Regional de Agricultores de Viseu, a qual ajudou a fundar, e dirigente da ANIMAR – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local. Era ainda diretora do jornal Gazeta da Beira. Foi deputada municipal em Vouzela entre 1989 e 1993 e candidata às legislativas de 1991 e 1995. Encabeçou a candidatura à autarquia de Vouzela em 1997 e, em 2013, à autarquia de São Pedro do Sul na lista do Bloco de Esquerda.

Faleceu aos 57 anos de idade, em agosto de 2020. Para Rui Ladeira, “o seu percurso ficará perpetuado na história do concelho de Vouzela como um exemplo extraordinário de entrega à causa pública, ao associativismo e à defesa do mundo rural”, concluiu.

No final da sessão foram entregues as medalhas de honra ao mérito, tendo os homenageados agradecido a distinção da Câmara Municipal.




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

69 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Vouzela - VER TODAS

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Vouzela

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.