Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Trabalhos de construção do parque hortícola da Quinta da Parreirinha já tiveram início

 

Na sequência das obras de urbanização previstas no âmbito de uma alteração ao alvará de loteamento no Bairro da Petrogal, na Bobadela, surgiu a necessidade de se proceder à relocalização do parque hortícola aí existente, com o objetivo de garantir a continuidade da atividade agrícola aos cerca de 55 horticultores.

 

Encontram-se assim em curso, desde o início do mês de dezembro, os trabalhos de limpeza e reorganização da parcela de terreno municipal, localizada nas traseiras da Escola Básica da Bobadela, que se encontrava ocupada de forma desordenada por algumas hortas espontâneas, várias construções precárias, sebes, canas, resíduos e lixos diversos, que acarretava potencial risco de incêndio no local, provocando um impacto negativo na paisagem envolvente. Prevê-se que os trabalhos de construção do parque hortícola estejam concluídos no final de fevereiro de 2021.

 

Pretende-se criar um novo parque hortícola com 76 talhões, que integre os horticultores que atualmente têm hortas no Bairro da Petrogal, os que já se encontram a cultivar de forma espontânea na parcela em questão e, ainda, possibilitar a cedência de talhões a novos horticultores que se candidatem.

 

O parque compreende áreas de cultivo, com os respetivos abrigos e compostores em madeira; caminhos de acesso aos talhões; área de estadia com uma pérgula de ensombramento, mesas e bancos de piquenique; área técnica para instalação do furo de captação de águas subterrâneas; depósito de armazenamento de água e respetivos sistemas de bombagem; área verde de proteção; e enquadramento junto à entrada principal da escola.

 

As hortas urbanas comunitárias da Quinta da Parreirinha estão inseridas na estratégia para a implementação de uma Rede de Hortas Urbanas em Loures, que o Município se encontra a desenvolver, na perspetiva de se promover a defesa do território, valorizando a estrutura verde, a produção agrícola e a proteção da biodiversidade, princípios estes integrados no projeto europeu RU:RBAN, em curso desde 2018. O projeto visa pôr em prática o desenvolvimento de capacidades de gestão de hortas urbanas comunitárias, através da formação de agentes que promovam a cidadania e a gestão das hortas.

 




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

127 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Loures - VER TODAS

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Loures

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.