Portal Nacional dos Municipios e Freguesias

Pontos de Interesse na Câmara Municipal da Lourinhã

Câmara Municipal da Lourinhã

Menu do Município

A região da Lourinhã foi habitada desde os tempos da pré-história. O Museu GEAL da Lourinhã tem vestígios e objectos da presença humana na região desde o Paleolítico do Neolítico e também do Calcolítico.

Foram várias vagas sucessivas de povos que deixarem as marcas da sua passagem na região até à chegada dos romanos; esta acção civilizadora moldou definitivamente o modo de vida das populações nessa região.

A origem da vila medieval está ligada a D. Jordão, um cavaleiro francês que participou no cerco bem-sucedido de Lisboa em 1147. O rei Afonso Henriques concedeu a Jordão a região da Lourinhã e permitiu que concedesse um foral aos seus colonos em 1160.

O primeiro foral foi atribuído por D. Jordão em 1160 e depois confirmado por D. Sancho I em 1218 e por D. Afonso III em 1251. Um novo foral foi concedido por D. Manuel I, em 1512.

D. Jordão mandou construir a Igreja do Castelo, na segunda metade do século XIV. Foi construída junto das muralhas do antigo castelo (hoje desaparecido).

Os direitos da Lourinhã foram confirmados por cartas do rei Sancho I em 1218 e outra vez por Afonso III em 1258. A paróquia da Lourinhã transformou-se numa das mais ricas da diocese de Lisboa, reflectindo-se essa riqueza na sua igreja principal, um exemplo fino da arquitectura gótica portuguesa do século XIV. Os trabalhos góticos da igreja principal foram patrocinados por Lourenço Vicente, um arcebispo de Lourinhã nascido em Braga que recebeu a vila como uma doação do rei João I em 1384.
Pintura que representa a Victoria dos Luso-inglês no Vimeiro.

No século XVI, a Igreja do Convento Santo António da Lourinhã, uma igreja de Misericórdia e uma caridade (1586) foram fundadss na Lourinhã.

A Misericórdia (mercê), uma caridade religiosa, abriga agora um museu com pinturas proeminentes do renascimento, entre as quais, as mais importantes foram feitas pela mão de um pintor misterioso do século XVI, apelidado de Mestre da Lourinhã.

No dia 21 de Agosto de 1808, teve lugar na freguesia do Vimeiro uma das batalhas da Guerra Penin


Conteúdo Brevemente Disponível

Empresas Neste Municipio

Sem ofertas disponíveis actualmente neste concelho.





Visite a página no Facebook deste Municipio

Freguesias na Câmara Municipal da Lourinhã

União das Freguesias de Lourinhã e Atalaia União das Freguesias de Miragaia e Marteleira Moita dos Ferreiros Reguengo Grande Ribamar Santa Bárbara União das Freguesias de São Bartolomeu dos Galegos e Moledo Vimeiro

VEJA TAMBÉM!