Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Freguesia de Santiago de Montalegre - Municipio de Sardoal

Menu da Freguesia

Santiago de Montalegre é uma freguesia portuguesa do concelho do Sardoal, com 16,97km de área e 229 habitantes (2011) . Densidade: 13,5 hab/km. O seu padroeiro é São Tiago.


Povoações da freguesia:


Amieira, Brescovo, Casal dos Pombos, Codes, Foz da Amieira, Lameiras, Lobata, Lomba, Malhadal, Mivaqueiro, Mogão Cimeiro, Mogão Fundeiro, Montalegre, Portela do Mogão, Portela da Salada, Salgueira, S. Domingos (localidade que é partilhada por mais de uma freguesia e concelho) e Tojal.


Em 8 de Março de 1928, através do Decreto-lei n.u00ba 15132, publicado no Diário do Governo, 1u00aa Série de 8 de Março de 1928, foi criada a junta de freguesia da então paróquia, denominada São Tiago de Montalegre.


Em 25 de Abril desse mesmo ano, foram empossados como presidente o Sr. Joaquim Alves Filipe e os vogais Srs. Silvério Pires e Francisco Serras.


Por motivos desconhecidos, a partir de 10 de Abril de 1952 esta Junta de Freguesia passou a denominar-se Junta de Freguesia de Santiago de Montalegre.


O ponto mais alto do concelho é a zona do cabeço do Mogão, onde se situa o picoto e a torre de observação. Este ponto eleva-se a cerca de 385 metros e oferece uma vista deslumbrante sobre o manto florestal típico da zona, composto por pinheiro bravo, eucalipto e outras árvores de menor expressão.


Nos vales férteis e meia encosta, pratica-se a agricultura de subsistência e as terras são repletas de árvores de fruto, com destaque para: citrinos, pessegueiros, ameixoeiras, macieiras, pereiras, nespereiras, cerejeiras, etc.


A oliveira merece destaque, sendo a oliveira galega que predomina, produzindo um azeite de fina qualidade. Mantêm-se em funcionamento dois lagares de azeite, situados nas Lameiras e no Mogão Fundeiro.


Conteúdo Brevemente Disponível

Entidades Públicas Nesta Freguesia

Estabelecimentos de Ensino Nesta Freguesia

Forças de Segurança Nesta freguesia

Centro Ciência Viva de Constância - Parque de Astronomia

O Centro Ciência Viva de Constância é um Parque de Astronomia situado estrategicamente no Alto de Santa Bárbara, nos arredores de Constância, de onde se pode observar um céu noturno de grande qualidade, uma vez que está fora das zonas de poluição luminosa.
Com uma área total de 10 000 m 2 , o Centro tem um Parque de Astronomia com uma vista panorâmica sobre a paisagem envolvente, que contém oito módulos interativos de exterior, um planetário, um laboratório de heliofísica, um anfiteatro e cinco cúpulas de observação astronómica.

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

Morada:
Alto de Santa Bárbara, Via Galileu Galilei, 817
2250 - 100 Constância
GPS: 39.4949073792, -8.3238334656
(+351) 249 739 084

Horários:
terça a sexta: 10h00 - 13h00 e 14h30 - 18h00
sábado: 15h00 - 19h00 e 21h00 - 23h00
domingos e feriados: 15h00 - 19h00

Saber mais sobre Centro Ciência Viva de Constância - Parque de Astronomia

Centro Ciência Viva do Alviela - Carsoscópio

O Centro Ciência Viva do Alviela - Carsoscópio situa-se em pleno Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, junto à nascente do rio Alviela. Aberto ao público desde 15 de dezembro de 2007, o edifício e o espaço expositivo foram recentemente requalificados, mantendo o enquadramento na paisagem natural envolvente.

O Centro funciona como um observatório do Maciço Calcário Estremenho e, em particular, das colónias de morcegos que aí habitam.

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

Morada:
Praia Fluvial dos Olhos d´Água do Alviela
2380 - 450 Alcanena
GPS: 39.4454879761, -8.7103929520
(+351) 249 881 805

Horários:
Horário de inverno: 10h00 - 18h00 (terça a domingo)
Horário de verão ( maio a 30 de setembro): 10h00 - 18h00 (terça a sexta); 11h00 - 19h00 (fins de semana e feriados)

Saber mais sobre Centro Ciência Viva do Alviela - Carsoscópio

OS CIRCUITOS CIÊNCIA VIVA

Os Centros Ciência Viva integram um programa de turismo do conhecimento - os Circuitos Ciência Viva - que o desafia a explorar 18 destinos em Portugal com o que de mais único pode descobrir. Em família ou com amigos, são mais de 200 as etapas que revelamos contando histórias, explicando factos, fenómenos e despertando para novas perguntas.

Partindo de cada Centro Ciência Viva, estas viagens cruzam museus e monumentos, parques e reservas naturais, grutas e minas, ateliês e oficinas, experiências de aventura e paisagens singulares.

Durante um ano, com um cartão, um guia e uma app, pode visitar gratuitamente os 20 Centros Ciência Viva, as vezes que quiser, e usufruir de vantagens em mais de 200 parceiros de todo o país.

É um presente para a família explorar durante um ano, com o espírito curioso dos viajantes.

Saiba mais aqui sobre os Circuitos Ciência Viva

Sem ofertas disponíveis actualmente nesta freguesia.