Portal Nacional dos Municipios e Freguesias

Bem Vindo à
Freguesia de União das Freguesias de Vila Chã (São João Baptista e Santiago)

Freguesia de União das Freguesias de Vila Chã (São João Baptista e Santiago) - Municipio de Ponte da Barca

Menu da Freguesia

Populaçăo: União de Freguesias de Vila Chã (São João Baptista e santiago) - 623 habitantes

 

INE 2011 - Santiago 139 habitantes; São João Baptista - 484 habitantes.

 

Atividades económicas: Agricultura; pequeno comércio e Cafés;

 

Festas e Romarias: S. Joăo (24 de Junho), Senhora da Paz (último domingo de Maio), S. Bento (11 de Julho), Santa Marinha (18 de Julho), S. Pedro (29 de Junho) e Santa Luzia (Agosto);

 

Património: Igreja Matriz, Cruzeiro, Igreja do Coração de Maria, Capela da Senhora da Paz, Pomba da Paz e Monumento do Cristo Rei, Capela de S. Pedro e Nª Senhora das Dores,  Espigueiros de Paradela, Cruzeiro e Alminhas de Seixas, Capela de S. Bentinho e Senhora do Pilar - Seixas, Alminhas de Arialva - Golfeiro, Sede da Junta de Freguesia, Capela de S. Sebastião, Alminhas de Cela, e Capela de Santa Marinha;

 

Outros Locais de interesse: Lugar do Barral (Museu do Quartzo e Capela);

 

Orago: São Joăo Baptista

 

FREGUESIA situada na margem esquerda do rio Lima, dista 10 Km da sede do concelho, abrangendo uma área de 1011 hectares. 
Foi uma das freguesias iniciais da terra medieval da Nóbrega, tendo vindo a beneficiar do foral manuelino a esta outorgado em Outubro de 1513. 

Anexou a antiga freguesia de Santa Marinha da Nóbrega, hoje lugar do Barral. 
Foi vigairaria do arcediago do Neiva. 
O lugar de Barral constitui-se como uma forte referência turística nesta freguesia.

HISTÓRIA

Documentada desde o século XII, é uma das freguesias da medieval terra da Nóbrega. Em 1220, vem mencionada nas Inquirições de D. Afonso III, como Sancto Johanne de Villa Plana e, em 1258, as Inquirições de D. Afonso III referem-na In collatione Sancti Johannis de Vila Chaa.

Em 1290 é designada como paróquia e freguesia de São João de Vila Chã de Jusão.

No catálogo das igrejas organizado no reinado de D. Dinis, para pagamento de taxa, esta igreja foi taxada em 60 libras e situava-se na Terra de Nóbrega.

No registo da cobrança das colheitas dos benefícios eclesiásticos do arcebispado de Braga, feita entre 1489 e 1493, D. Jorge da Costa apurou que São João Baptista de Vila Chã, rendia 619 réis e 8 pretos, em dinheiro com morturas e 166 réis e 7 pretos, de dízimas de searas.

Em 1528, no Livro dos Benefícios e Comendas é-lhe atribuído um rendimento de 40 mil réis.

Segundo o Padre Carvalho da Costa, esta freguesia foi vigairaria da apresentação do arcediago de Neiva. A Estatística Paroquial, de 1862, contudo, diz que a apresentação pertencia ao colégio patriarcal.

Em 1927, pelo decreto nº 13917, de 9 de Julho, a comarca de Ponte da Barca foi suprimida, sendo as freguesias do concelho anexadas, para efeitos judiciais, à de Arcos de Valdevez.

Fonte consultada Inventário Colectivo dos registros Paroquiais Vol. 2 Norte Arquivos Nacionais Torre do Tombo

No Barral, freguesia de Vila Chã São João, existe o Santuário de Nossa Senhora da Paz e um Museu com a maior colecção de cristais de quartzo do País que merecem uma visita (terá de pedir a chave a um morador, que toda a gente lhe saberá indicar ou ligar para Junta de Freguesia). O próprio Altar-Mor do templo é constituído por um bloco de cristal com três toneladas de peso.


Conteúdo Brevemente Disponível

Entidades Públicas Nesta Freguesia

Estabelecimentos de Ensino Nesta Freguesia

Forças de Segurança Nesta freguesia

Sem ofertas disponíveis actualmente nesta freguesia.





VEJA TAMBÉM!