Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

A Lenda dos Ferreiros de Penela

Perto de Penela, dois montes bastante altos se avistam distando os seus cumes, cerca de 2 km.

 

A nossa lenda conta a história de dois irmãos, ferreiros de ofício, trabalhando cada um em seu monte.

 

Eram no entanto bastante pobres, de tal forma que partilhavam ferramentas. Desta forma, usavam-nas alternadamente. Quando Jerumelo, um dos irmãos precisava de um martelo, dirigia-se à porta da sua forja gritando ao seu irmão, Melo, que lho atirasse. Eram pois gigantes estes irmãos, só assim consguiam trocar ferramentas pelo ar a esta distância.

 

ad_horizontal

 

Certo dia, os irmãos enraiveceram-se um com o outro, pelo que Jerumelo cheio de cólera, atirou o malho com tal violência que este caiu desamparado na encosta do monte do seu irmão. Tal foi a força com que o fez, que uma fonte férrea começou a brotar nesse local.Por outro lado, o cabo feito de madeira de zambujo separou-se durante a queda, caindo a 2 Km do malho, tendo algum tempo depois nascido um zambujo. Esse zambujo veio a originar o nome de uma povoação que fica a 4 Km, chamada Zambujal.

 

No cimo do monte Melo, persistem ainda vestigios da antiga forja pertencente a um dos irmãos.

POR: PNMF




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar este artigo, Partilhe!
552 PARTILHAS / VISITAS

PODERÁ GOSTAR DE LEROUTROS ARTIGOS EM DESTAQUE




DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO / QUESTÃO SOBRE ESTE TEMA: