Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Festim traz Silvia Pérez Cruz ao Cineteatro Alba

O Festim – Festival Intermunicipal de Músicas de Mundo está de regresso ao Cineteatro Alba a 17 de junho, pelas 21h00, com o concerto da catalã Silvia Pérez Cruz. Os bilhetes já se encontram à venda com preços a partir de 4 euros.

Sílvia Pérez Cruz nasceu em Palafrugell, Girona, em 1983 e é considerada uma das vozes mais contundentes que apareceu nos últimos tempos em Espanha. Além de cantora, ela é compositora e fala a linguagem da música desde que se lembra: cresceu entre as canções populares ibéricas e latino-americanas, foi educada em música clássica e jazz. Contaminada pelo flamenco através de uma conexão que parece sobrenatural, ela canta de um jeito que é só seu e estremece.

Seria impossível enquadrar Sílvia Pérez Cruz num único estilo. É versátil e inconfundivelmente pessoal. Duas qualidades que raramente coincidem e, em vez disso, a definem. É fiel aos diferentes estilos que aborda sem deixar de ser, em nenhum momento, ela mesma.

Ao longo dos anos participou em inúmeros projetos, colaborando com artistas como Gino Paoli, Stefano Bollani, Lluís Homar, Rocío Molina, Jorge Drexler, Hamilton de Holanda, Toquinho, Natalia Lafourcade, Lila Downs, Liniker, Joan Manuel Serrat, Lluís Llach entre outros. Também cantou com a Orquestra Nacional de Espanha dirigida por Josep Pons. Estreou-se como compositora e solista em “11 de novembro” (Universal, 2012), que aliou o sucesso do público à crítica e pelo qual recebeu um disco de ouro. Em 2014 recebeu um novo disco de ouro por “Granada” (Universal 2014), lançado em dueto com Raül Fernandez (Refree), com quem também coproduziu o anterior.

Sílvia trabalhou ao longo de sua carreira em várias produções teatrais, dirigidas por Joan Ollé ou Julio Manrique. Foi também a voz do filme Branca de Neve de Pablo Berger, vencedor de 10 goyas em 2013, incluindo o de Melhor Canção Original. O seu trabalho mais recente foi para o filme de animação JOSEP (2020), dirigido pelo ilustrador francês Aurel. Sílvia criou a banda sonora e fez a dobragem de voz de dois personagens. O filme foi premiado em França no prestigiado Prix Lumière (atribuído pela imprensa especializada internacional) como o melhor filme de animação do ano, e Sílvia ganhou o prémio na categoria de Melhor Música Original.

Sílvia já realizou extensas turnés por Espanha, cantou em Cuba, Estados Unidos, Estônia, Bulgária, Suécia, Dinamarca, Alemanha, Argélia, Tunísia, Bélgica, Holanda, Croácia, Inglaterra, e também já passou por França, Portugal, Noruega, Itália, Turquia, Argentina, Chile, Uruguai, México, Brasil e Japão, consolidando assim o seu reconhecimento internacional.

O seu último trabalho discográfico chama-se “FARSA (género imposible)” e é o resultado do interesse de Silvia Pérez Cruz pela arte e a sua predisposição para propiciar encontros com outros artistas, para somar e entender como cada linguagem artística conta uma mesma realidade. O disco é um projeto que apresenta canções compostas em colaboração com outras disciplinas artísticas: teatro, cinema, dança, pintura, fotografia e poesia.

O bilhete normal para o espetáculo tem o preço de 6 euros. Os portadores Cartão Amigo, Cartão Sénior Municipal, Cartão Municipal de Voluntário, Jovens SUB 23, portadores de Cartão d’Orfeu e Cartões Municipais das autarquias parceiras usufruem do preço de 4 euros.

Consulte toda a programação do Município aqui.




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

77 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Albergaria-a-Velha - VER TODAS

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Albergaria-a-Velha

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.