Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

ÁGUAS DE SANTARÉM – APROVAÇÃO DAS CONTAS DE 2020

Águas de Santarém investe 2,5 milhões de euros e melhora indicadores em ano de Covid-19 Investimento de 2,5 milhões, um crescimento de 12,6% face aos 12 meses anteriores (melhoria nos sistemas de abastecimentos, com intervenção em 23 diferentes sistemas) Mais de 500 mil euros em apoios às famílias e empresas para diminuir impacto económico da Covid-19 nas suas vidas Melhoria do EBITDA Redução dos Fornecedores e Serviços Externos em 5% relativamente a 2019, 400 mil euros abaixo do valor orçamentado Águas de Santarém com água de elevado padrão de qualidade (99,97% no índice de água segura) Nível de perdas de água recua (menos 2,75 pontos percentuais face a 2019), fruto do investimento na rede Munícipes classificam serviços da Águas de Santarém como muito positivos Num ano muito adverso, com perda de receitas e custos superiores para apoiar as populações, a Águas de Santarém executa um forte investimento, reduz custos com fornecedores e melhora a sua qualidade de serviço.

A Águas de Santarém (AS) conseguiu melhorar os seus indicadores operacionais, ao mesmo tempo que reduziu os seus proveitos em 500 mil euros derivado de apoios diretos às famílias e empresas, investiu cerca de 2,5 milhões na sua rede de abastecimento e saneamento e teve de enfrentar a diminuição de receitas causada pela Covid-19. Estes são alguns dos principais tópicos que se podem ler no Relatório de Gestão e Contas da Águas de Santarém relativo ao exercício de 2020, que foi aprovado por unanimidade na reunião do executivo municipal de 31 de maio de 2021.

O ano passado foi marcado por fortes investimentos, que atingiram os 2,5 milhões de euros, representando um aumento de 12,6% face ao ano anterior. Por sua vez, o EBITDA aumentou, os rácios de solvabilidade e de autonomia financeira melhoraram e reduziu-se os Fornecimentos e Serviços Externos em 5% relativamente a 2019, ficando abaixo do valor orçamentado para 2020 em mais de 400 mil euros.

Ao longo dos 12 meses que terminaram a 31 de dezembro de 2020, a AS efetuou diversos investimentos nos sistemas de abastecimento de água para consumo humano, designadamente nos sistemas de Abitureiras, Abrã, Albergaria, Alcanede, Alcanhões, Almoster, Amiais de Baixo, Arneiro das Milhariças, Casével (Comenda), Gançaria, Louriceira, Moçarria, Moita, Pernes, Póvoa da Isenta, Reguengo do Alviela, Romeira, Santarém, Sobral, Tremês, Vale de Santarém, Vale do Carro e Vaqueiros. Foram ainda efetuados outros investimentos associados a equipamento básico. No domínio do saneamento, os investimentos realizados pela empresa em 2020 centraram-se na renovação e substituição dos equipamentos mais obsoletos, nomeadamente os equipamentos instalados nas ETAR mais antigas, bem como trabalhos de reparação, reabilitação e prolongamento de coletores e construção de ramais. Um total de cerca de 320 mil euros em todos os sistemas.

Mais de 500 mil euros de apoio às famílias e empresas

Em apoios às famílias e empresas, a AS investiu cerca de 500 mil euros, que representam uma perda de proveitos, a que se associaram algumas dezenas de milhares de euros em gastos com equipamentos para adequar a empresa ao teletrabalho e cumprimento das normas de segurança ditadas pela DGS, para proteção dos seus trabalhadores e clientes.

Por outro lado, e de acordo com o relatório da ERSAR, o índice de água segura situou-se nos 99,97%, com a quase totalidades das análises à água a apresentarem elevados padrões de qualidade. Ao nível das perdas de água, e fruto do investimento realizado (e em curso), em 2020 foi possível obter uma percentagem de 28,76%, o que significa uma redução de 2,75 pontos percentuais face a 2019. Também os clientes da Águas de Santarém, em inquérito realizado no final do ano, consideraram os seus serviços globalmente como muito positivos.

Os resultados do exercício são mais reduzidos quando comparados com anos anteriores, o que se fica a dever, sobretudo, à alteração das taxas de amortização decididas pelo atual Conselho de Administração, permitindo uma melhor adequação às diferentes naturezas e antiguidade dos ativos, bem como um positivo impacto na liquidez da empresa, consolidando-a financeiramente para os investimentos que se esperam no atual quadro comunitário de apoios.

Trabalhadores dão contributo decisivo

“Os trabalhadores da empresa ‘disseram’ sempre presente neste ano de extremas dificuldades, tendo sido reduzido o nível de absentismo e tendo-se verificado uma taxa reduzida de infeções por Covid-19. Os resultados apresentados, também ao nível do maior investimento, redução de perdas e de custos, demonstram uma equipa da AS experiente, forte e coesa, o que é motivo de orgulho para o Conselho de Administração”, comenta Ramiro Matos, Presidente do Conselho de Administração da Águas de Santarém.




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

85 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Santarém - VER TODAS

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Santarém

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.