Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Câmara financia compra de veículos para os bombeiros com mais de um milhão de euros  

 

As propostas com o valor do financiamento a atribuir a cada associação e os termos dos contratos-programa a estabelecer foram aprovadas na reunião da Câmara Municipal de Loures que se realizou hoje. Estas deliberações enquadram-se no Programa Municipal de Apoio à Aquisição de Veículos para os Bombeiros do Concelho de Loures, o qual entrou em vigor no passado mês de fevereiro.

 

O presidente da Autarquia, Bernardino Soares, destacou a relevância das propostas agora aprovadas, notando que elas vão permitir aos bombeiros passarem a contar com sete novas viaturas, que “de outra forma dificilmente poderiam ser adquiridas”, no seu trabalho diário em prol das populações.

 

Os veículos em causa são de diferentes tipologias: Veículo Urbano de Combate a Incêndios, Veículo Tanque Tático Florestal, Veículo de Socorro e Assistência Especial e Veículo Florestal de Combate a Incêndios. As beneficiárias dos apoios são as associações humanitárias de bombeiros voluntários de Loures, Bucelas, Sacavém, Camarate, Fanhões, Zambujal e Moscavide e Portela.

 

Na reunião camarária de dia 5 de maio foi também aprovada uma proposta, que abrange as mesmas entidades, tendo em vista a celebração de um protocolo no âmbito do Apoio ao Associativismo e Voluntariado em Bombeiros. Nos termos deste mecanismo, em vigor há vários anos, a Câmara Municipal de Loures atribui às associações “transferências financeiras e apoios em género, em regime de complementaridade aos disponibilizados através da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil”.

 

Na informação anexa a esta proposta refere-se que este instrumento “tem sido de particular importância para a sustentabilidade financeira” das instituições beneficiadas. Em 2021, está em causa um investimento municipal superior a 906 mil euros.

 

Finalmente, a Autarquia aprovou a celebração de um protocolo tendo em vista a existência de equipas em regime de prontidão, designadas por Grupos de Intervenção Permanente (GIPE), nos corpos de bombeiros voluntários do concelho. Este ano, a Autarquia consagrou a esta medida, que visa permitir que haja “uma intervenção rápida, qualificada e muitas vezes musculada” no domínio do socorro e da emergência, um valor de 1,094 milhões de euros.  

 

Todas as propostas aqui referidas, e que Bernardino Soares classificou como “importantíssimas decisões para os bombeiros do concelho”, foram aprovadas por unanimidade.

 




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

75 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Loures - VER TODAS

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Loures

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.