Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Ministra do Trabalho- Solidariedade e Seguranca Social visitou instalacoes da AAIJFM

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, esteve esta manhã na sede da Associação de Apoio a Idosos e Jovens da Freguesia de Meca (AAIJFM), onde acompanhou a realização de testes despistagem da Covid-19 a todos os utentes e funcionários da instituição, efetuados por elementos da Cruz Vermelha Portuguesa.

A visita contou ainda com a presença da secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, do presidente e vice-presidente do município de Alenquer, Pedro Folgado e Rui Costa, respetivamente, do adjunto do presidente, Tiago Pedro, do deputado do PS na Assembleia da República João Nicolau, do presidente da freguesia de Meca, Benjamim Ferreira e da diretora do centro distrital de Lisboa da Segurança Social, Fátima Matos.

A comitiva foi recebida pelo presidente da AAIJFM, José Martins e pela diretora técnica da instituição, Sofia Guedes.

A AAIJFM dispõe de três valências, dando apoio à terceira idade através do Centro de Dia e Apoio Domiciliário e a cidadãos portadores de deficiência com o Centro de Atividades para a Capacitação e Inclusão.

A instituição tem ainda como objetivo a abertura de um lar de idosos e estrutura residencial para os utentes portadores de deficiência, estando a decorrer uma candidatura ao abrigo do programa PARES da Segurança Social.

A ministra do Trabalho, manifestou a sua satisfação pela reabertura da instituição após o confinamento, e destacou a importância da despistagem à Covid-19 como medida de prevenção.

A governante destacou ainda a “extraordinária rede de colaboração entre a Segurança Social, Cruz Vermelha, autarquias e instituições que têm estado localmente a trabalhar em conjunto para proteger as pessoas”.

Ana Mendes Godinho deixou ainda o apelo para que “não se deixe cair este método de trabalho de articulação permanente, rentabilização de recursos e mobilização de todos os esforços (…) porque é com este trabalho das redes locais que conseguimos chegar de forma mais eficaz e útil às pessoas”, concluiu.

O presidente do município de Alenquer salientou a importância da reabertura da instituição, pelo apoio que presta aos idosos e munícipes portadores de deficiência.

Pedro Folgado manifestou ainda a disponibilidade do município em apoiar a instituição no seu projeto de alargamento, porque é através da rede de parcerias que se pode fazer a diferença.

Sofia Guedes, diretora técnica da AAIJFM, explicou que um dos objetivos da estrutura residencial é garantir que idosos com filhos portadores de deficiência possam manter-se juntos, garantindo a continuidade dos laços de afeto.

A responsável esclareceu ainda que todos os testes à Covid-19 foram negativos, tendo sido implementado um programa que garanta a segurança dos cerca de 100 utentes e 22 funcionários da instituição.

No âmbito da reabertura dos equipamentos sociais na área da deficiência, estão a ser efetuados testes de despistagem da covid-19 em todas as unidades do país, envolvendo cerca de 500 operacionais da Cruz Vermelha Portuguesa, tendo sido efetuados até 5 de abril mais de 12 mil testes.

 




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

58 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Alenquer - VER TODAS

Ferias Divertidas na Pascoa

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Alenquer

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.