Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

CHMT aumenta número de camas para doentes COVID-19

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) ativou o nível 2 do Plano de Contingência à COVID-19, que implica o aumento do número de camas em enfermaria que pode chegar a um total de 197 camas para doentes COVID-19. A capacidade de camas de Cuidados Intensivos pode ir até às 32 camas no Serviço de Medicina Intensiva.“Esta reorganização temporária, que deriva da implementação das orientações agora recebidas da tutela, visa maximizar a capacidade de resposta assistencial aos doentes Covid e não Covid, de forma a que nenhuma situação clínica fique sem o devido acompanhamento assistencial”, esclarece o Conselho de Administração do CHMT em nota de imprensa que acrescenta ainda que a “solidariedade e disponibilidade para receber doentes de outros hospitais do SNS (…) nunca colocaram em causa a capacidade assistencial aos doentes Covid da área de influência do Médio Tejo e, o mesmo, continuará a ser assegurado neste novo quadro organizativo temporário, que se espera que venha a durar até ao final do próximo mês de fevereiro”.  Alteração dos horários do Serviço de Urgência Básica Face à alteração do Plano Estratégico, o Conselho de Administração do CHMT decidiu alterar os horários de funcionamento dos dois Serviços de Urgência Básica que passam a encerrar nos períodos noturnos, entre as 24h00 e as 08h00, sendo que a admissão de doentes a estas Urgências Básicas encerra às 21h00. Estas alterações entram em vigor a partir do dia 6 de novembro, altura em que as duas urgências básicas encerrarão às 24h00.“Os utentes que necessitem de recorrer ao Serviço de Urgência do CHMT, entre as 00h00 e as 08h00, devem dirigir-se ao Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica”, esclarece o Conselho de Administração do CHMT que salienta ainda que “o encerramento noturno dos dois Serviços de Urgência Básica do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, não compromete a assistência à população, uma vez que se mantêm em funcionamento, 24h sobre 24h, o Serviço de Urgência Médico-cirúrgica, o Serviço de Urgência Pediátrica e o Serviço de Urgência de Obstetrícia”.Relativamente às consultas externas, as mesmas irão continuar a realizar-se via telefone ou via teleconsulta, “desde que tal se revele adequado às circunstâncias clínicas do doente”.“Reforça-se que estas medidas temporárias visam a proteção de doentes e profissionais do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, no âmbito da pandemia do novo coronavírus e manter-se-ão enquanto se justifique, podendo ser alteradas em virtude do evoluir da situação em curso”, conclui o Conselho de Administração do CHMT.




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

69 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Abrantes - VER TODAS

Mercado Semanal

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Abrantes

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.