Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Novo centro dedicado à construção naval recebeu apresentação da Grande Rota da Ria de Aveiro

O antigo estaleiro tradicional em madeira, palco durante meio século da “construção e conservação de embarcações de recreio”, foi reconstruído e transformado em Centro de Interpretação da Construção Naval pela Câmara Municipal de Estarreja. 

Nesta primeira sessão oficial no novo espaço, na passada quarta-feira, o presidente do município estarrejense, Diamantino Sabina, explicou que “quisemos aproveitar esta infraestrutura para criar um Centro de Interpretação e dessa forma privilegiar a memória da Construção Naval”. O objetivo da autarquia é criar “um curso profissional e tentar incutir esta paixão nos jovens”, contribuindo para preservar um património significativo para as gentes ligadas à Ria e representativo da proximidade à zona ribeirinha e da “ligação intrínseca à Ria de Aveiro e à construção naval”, disse Diamantino Sabina. 

“A riqueza geográfica, gastronómica, cultural que temos para oferecer” está bem presente neste troço do BioRia, projeto de preservação ambiental de Estarreja, sublinhou Diamantino Sabina. Por representar tão bem as qualidades deste projeto, e com a emblemática Ribeira da Aldeia ali ao lado, foi este o espaço escolhido pela CIRA – Região de Aveiro para receber a conferência de imprensa da apresentação da GRRA que ao longo dos seus 560 km tira partido da diversidade de ambientes que ocorrem em todo o seu território constituído por 11 municípios. 

“A melhor parcela territorial do mundo” numa região caracterizada pela relação de “equilíbrio entre o Homem e a Natureza”, segundo o Presidente da CI Região de Aveiro, José Ribau Esteves, merecia este projeto de turístico de natureza que tira partido da Ria de Aveiro enquanto recurso distintivo e identitário do território.

A GRRA divide-se em três percursos de grande extensão, com quase 600km, embora se reparta em três itinerários autónomos. Aproveita várias estruturas já existentes no território, como os percursos pedestres de pequena rota, as ciclovias ou as ecopistas.

Com início no Canal de S. Roque, em Aveiro, e passagem pelo Esteiro de Salreu e pelos percursos BioRia, o Percurso Azul será inaugurado este sábado, durante as comemorações do Dia da Região de Aveiro. As suas etapas estão já disponíveis no novo site da GRRA www.granderota.riadeaveiro.pt

Até à primavera de 2021 ficarão prontos os outros dois percursos: o Percurso Dourado, o maior de todos, tem 234,60 quilómetros de extensão e circunda os territórios do interior da laguna, espraiando-se para os espaços costeiros de Norte e Sul; e o Percurso Verde, composto por 195,80 quilómetros, que rodeia os territórios do Interior da Região, destacando as zonas mais montanhosas.




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

27 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Estarreja - VER TODAS

Campanha RespeitoPelaVida

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Estarreja

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.