Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Um ano letivo que a todos exige compromisso

Esta tem sido a mensagem transmitida de forma exaustiva a professores, funcionários, pais e encarregados de educação: a adoção de "cuidados individuais redobrados", conforme apelou o Presidente da Câmara de Estarreja, Diamantino Sabina, na sessão de abertura do ano letivo que se realizou no dia 8 de setembro, no Cine-Teatro de Estarreja. 

O pessoal docente e não docente tem um papel pedagógico ainda mais importante na passagem desses ensinamentos à população mais jovem “para que todos tenhamos um ano o mais seguro possível”. Porque todos somos agentes de saúde pública, o empenho da comunidade será fundamental na promoção de comportamentos preventivos contra a COVID-19.  

Os Planos de Contingência das escolas definem todas as medidas e práticas de prevenção e controlo de infeção adequadas. “Cumpre-nos, com exigência, garantir o regresso à escola, em segurança, suportado na responsabilidade que, a todos, individual e coletivamente, convoca. Reconhecemos a incerteza e a imprevisibilidade do caminho que, em 17 de setembro de 2020, começaremos a percorrer, reconhecendo, também, que tudo está a ser preparado para que possamos adotar, a cada momento, as decisões que protejam a escola, as crianças e alunos, os docentes, os não docentes e as dinâmicas familiares, sociais e económicas da comunidade educativa. Em 17 de setembro de 2020 daremos início a um ano letivo que a todos exigirá o, maior, compromisso”, afirma o diretor do Agrupamento de Escolas de Estarreja, Jorge Ventura.

“Vamos começar o ano tranquilos”, é outra das notas que o responsável tem deixado aos pais durante as sessões informativas que já passaram por Avanca, Salreu e Canelas, na última semana.

“A responsabilidade é de todos e não apenas da Escola, Câmara ou Saúde. Todos devemos estar envolvidos neste compromisso que é comum”, reforça o Vereador da Educação da Câmara Municipal, João Alegria, “mais atentos e cumprirmos com maior exigência” as regras. “Acredito que as escolas são locais seguros para a aprendizagem. Continuaremos a trabalhar em todos os aspetos de organização das escolas”. 

Da parte da Câmara Municipal, “existem programas de apoio nas áreas das novas tecnologias e alimentação e estamos a trabalhar, de forma articulada, para responder proximamente e zelar pelo bem-estar dos educandos”.

Nestas sessões em que se quer também ouvir os pais e esclarecer as suas dúvidas, estão presentes os enfermeiros da Equipa de Saúde Escolar. 

Sandra Borges e Carlos Lima prestam “pequenos conselhos” e fáceis de cumprir: os alunos não devem trocar de material, devem plastificar os livros para mais facilmente os desinfetar, não pousar as mochilas no chão, e, chegados a casa, devem trocar o calçado, mudar a roupa e tomar banho. Além do mais, é fundamental a autovigilância e estarem atentos a sintomas como a temperatura, tosse repetida ou agravamento de tosse e dificuldade respiratória.

Esta segunda-feira, realiza-se uma sessão informativa na Escola Secundária de Estarreja, às 18h00, para os encarregados de educação da freguesia de Beduído. No Agrupamento de Pardilhó, as reuniões com os pais, em pequenos grupos, estão agendadas para esta terça, dia 15.

A partir do dia 17, próxima quinta-feira, um total de 3350 alunos, cerca de 400 professores e 116 funcionários não docentes regressam às escolas de Estarreja, desde o pré-escolar até ao ensino secundário.




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

31 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Estarreja - VER TODAS

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Estarreja

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.