Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Escolas de Loures participaram em workshops do projeto RU:RBAN

 

Os parques hortícolas da Urbanização da Quinta do Conventinho, em Santo António dos Cavaleiros, e do Bairro da Petrogal, na Bobadela, foram os palcos destes workshops, que tiveram como objetivo aproximar os alunos de boas-práticas ambientais. 

 

As atividades, organizadas pelo Município de Loures, em colaboração com os responsáveis pelas hortas ecológicas, contaram com a participação de 350 crianças dos jardins de infância e das escolas básicas da rede pública do concelho, que tiveram oportunidade de construir ninhos para pássaros e abrigos para polinizadores. Estas ações tiveram como objetivos consciencializar para a importância da proteção dos insetos enquanto polinizadores e cooperantes nas atividades agrícolas, bem como da biodiversidade e da proteção do meio ambiente, e promover o espírito de equipa e cooperação entre os alunos aquando a sua participação neste projeto. Os insetos são os principais polinizadores e são disso exemplo as abelhas e as borboletas, espécies que se encontram em risco de extinção na Europa.

 

Devido ao quadro atual decorrente da pandemia COVID-19, os trabalhos no âmbito do projeto RU:RBAN foram interrompidos. É objetivo da Câmara de Loures, parceira neste projeto, dar continuidade às atividades de consciencialização ambiental, estendendo-as a todo o território, inclusive, ao parque hortícola dos Terraços da Ponte, em Sacavém, que ainda não está concluído.

 

Recorde-se que o projeto RU:RBAN tem como objeto a replicação de boas-práticas em torno do desenvolvimento de hortas urbanas comunitárias. Financiado e apoiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), no âmbito do programa URBACT, o projeto consiste numa Rede de Transferência URBACT, que tem por base a troca de conhecimentos e experiências das melhores práticas identificadas nas cidades, para que possam ser compartilhadas e implementadas noutras cidades da União Europeia, fomentando um desenvolvimento urbano integrado e sustentável.

 

O modelo de gestão de hortas urbanas em Roma será a boa-prática a ser adotada e transferida para as cidades parceiras: Loures (Portugal), Vilnius (Lituânia), Cracóvia (Polónia), Caen (França), Corunha (Espanha) e Salónica (Grécia).

 

Em Loures, esta boa-prática irá promover a agricultura em modo biológico e a sustentabilidade no concelho, através do trabalho em rede a ser desenvolvido nos três parques hortícolas existentes no concelho: Urbanização da Quinta do Conventinho, Terraços da Ponte e Bairro da Petrogal.

 




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

28 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Loures - VER TODAS

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Loures

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.