Portal Nacional dos Municípios e Freguesias


Filme Urso rodado no concelho

25 Março 2020

A curta-metragem de ficção "Urso" acaba de ser filmada no concelho de Montalegre. A ideia do projeto surge após a notícia da "visita" de um urso pardo a Portugal, em maio de 2019. Realizado por Bruno Lourenço e com produção da empresa "O Som e a Fúria", o trabalho - através da personagem principal, António, representado pelo ator António Mortágua - tenta "resgatar" memórias do tempo onde o urso tinha presença constante em Portugal, criando pistas que nos levam a acreditar que este "novo urso" veio para ficar. O vice-presidente da Câmara de Montalegre, David Teixeira, marcou presença num dos locais onde decorreram as filmagens.

SINOPSE

«No seguimento das notícias que indicam o avistamento de um urso-pardo no Norte de Portugal, um homem dirige-se aos locais onde aquele foi avistado. O que o move é percebermos, ao longo do filme, um fascínio por ursídeos e o desejo sincero que o urso-pardo volte ao território nacional de forma consistente e sustentada depois de mais de quatro séculos de ausência».

TEM A PALAVRA

Bruno Lourenço | Realizador«A majestosa imponência das montanhas do Parque Nacional Peneda-Gerês (PNPG) tutela a região e dá o tom. Tom complementado pelos carvalhos da Mata de Avelar ou da zona de Tourém, pela cascata do Ribeiro de Montesinho, por toda a zona da albufeira de Paradela e da barragem do Alto Rabagão ou por Pitões das Júnias. Toda esta diversidade, com a presença constante do Cávado e do Rabagão com os seus respetivos riachos e margens, ajuda a criar vários ambientes distintos plenos de mistério que enriquecerão esta narrativa ursídea. Mas uma das maiores motivações para filmar no concelho de Montalegre, é a mistura entre este impressivo elemento natural e o elemento humano. Com povoados estabelecidos há tempos imemoriais, impressiona-nos a harmonia existente entre as povoações, e os seus habitantes, e a natureza que as envolve. O trabalho com a terra e com a pecuária, em particular a raça barrosã, sem esquecer o fumeiro, estão presentes na visita do nosso protagonista, um personagem urbano que, estando muito distante dessa realidade, acha tudo isso fascinante e misterioso. A apicultura, atividade milenar da região, tem um papel central no filme através das visitas que, tanto o personagem central como o próprio urso, fazem a vários apiários. Por último importa referir o caráter simbólico de filmar esta ficção em Montalegre. Foi na Mourela, nas margens do Rio Mau, que foi abatido o último urso-pardo em território nacional, com grande probabilidade, um macho errante oriundo da colónia da Galiza ou das Astúrias. O seu cadáver foi depois transportado para Montalegre, onde ficou exposto à curiosidade pública, atraindo pessoas de todos os lugares do concelho que queriam ver, com os seus próprios olhos, o imponente animal». Notícias relacionadas AutarquiaCulturaObras no ConcelhoVisitas - Presidente Arquivo Municipal pronto no Verão Promete ser uma obra cultural de referência. Uma aposta que irá perpetuar a memória do concelho. Falamos do Arquivo Municipal ... 13 Novembro 2019 AutarquiaCulturaObras no Concelho Arquivo Municipal | Maquete Revelamos a maquete do futuro Arquivo Municipal, a instalar no atual edifício de dois pisos da garagem municipal, situado na ... 12 Novembro 2019 NaturezaNeveTurismo Neve | 08.11.2019 Grande parte do concelho de Montalegre está pintada de branco. Um cenário que convoca uma visita obrigatória para este fim de ... 08 Novembro 2019




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

24 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Montalegre - VER TODAS

Montalegre - Fica em casa

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Montalegre

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.