Portal Nacional dos Municípios e Freguesias


Oeiras investe cerca de 400 mil euros no projeto Mochila Leve

Page Content

Este ano letivo o Município de Oeiras vai investir quase 400 mil euros no projeto Mochila Leve. Após ter definido a Educação como principal prioridade do mandato, com o objetivo ter em Oeiras uma Educação de excelência e os melhores alunos do país, o Município de Oeiras tem apostado em programas inovadores.

O Mochila Leve é um dos novos projetos que foi lançado no ano letivo 2018/2019 e que este ano cresceu significativamente.

Se no seu arranque, enquanto projeto-piloto, o Mochila Leve foi implementado em 10 escolas do 1º ciclo, em 2019/2020 é alargado a 25 estabelecimentos e a mais ciclos de ensino básico e ao ensino secundário. Isto quer dizer, que o projeto envolve este ano letivo mais 210 docentes (de 40 passa para 250), mais 2342 alunos (de 716 para 3058) e mais 94 turmas (de 30 para 124) de estabelecimentos de ensino pertencentes a 9 Agrupamentos de Escolas da Rede Pública de Ensino, mais um do que no ano passado.

Para a realização do projeto Mochila Leve – trabalhar sem manuais escolares físicos, o Município comprometeu-se a apoiar a compra de material didático e tecnológico e a organizar a formação contínua dos docentes, dinamizada e realizada por entidades parceiras. Deste modo, este ano letivo, a Câmara Municipal de Oeiras vai atribuir um apoio financeiro de 369.012,01€ ao projeto Mochila Leve. Deste montante, 305.322,01€ destinam-se à aquisição de 1060 tablets, 1060 capas de tablets e 110 armários de armazenamento e carregamento. Os restantes 63.690,00€ são para aquisição de material didático.

Este montante será dividido pelos nove agrupamentos de escolas participantes (AE Aquilino Ribeiro, Carnaxide, Carnaxide-Portela, Conde de Oeiras, Linda-a-Velha Queijas, Miraflores, Paço de Arcos, Santa Catarina e São Bruno), em função do número de turmas envolvidas no ano letivo 2019/2020.

Recorde-se que o Município de Oeiras convidou os professores a arriscar novos modos de ensinar e de organizar o seu trabalho, colocando para isso à sua disposição os meios, recursos e parceiros que forem necessários. Foi assim que nasceu o projeto Mochila Leve. Este criou uma rede concelhia de docentes, pertencentes a diferentes níveis de ensino e agrupamentos de escolas, que reúne, periodicamente, para planificar, partilhar experiências pedagógicas e gerar uma comunidade de reflexão sobre a importância da utilização de recursos didáticos diversificados que promovam o envolvimento e a aprendizagem dos alunos, ao longo de todos os ciclos de ensino.

O projeto pretende, ainda, criar condições para o desenvolvimento profissional dos docentes assente no trabalho colaborativo e na utilização de recursos didáticos diversificados: materiais manipuláveis, plataformas digitais, materiais didáticos diferenciados, criação de recursos próprios, entre outros, em substituição dos manuais escolares físicos, que deixam de ser o recurso principal para a aprendizagem em sala de aula.

Nota: No presente ano letivo (2019-2020) o Projeto Mochila Leve integrará de 82 turmas do 1º ciclo (1.º CEB), 26 turmas do 5.º ano de escolaridade (2.º CEB), 1 turma do 7.º ano de escolaridade (3.º CEB), 15 turmas do ensino secundário (1 turma de um curso científico-humanístico e 14 turmas de cursos de ensino profissional) ou seja, 3058 alunos e 250 professores, de 25 estabelecimentos de ensino pertencentes a 9 Agrupamentos de Escolas.

 

 




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

27 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Oeiras - VER TODAS

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Oeiras

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.