Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Loures inaugurou complexo de inovação agroalimentar único no país

 

Este complexo, que integra o Loures Innovation Hub, o pilar ligado à inovação do Loures Business Hub, pretende afirmar-se como uma plataforma de lançamento para novos negócios no setor agroalimentar, a nível nacional.  

 

O FoodLab, que implicou um investimento de mais de 400 mil euros, dispõe de uma área de produção industrial completamente equipada, com duas linhas de produção alimentar: convencional e sem glúten. Esta unidade está também habilitada para certificar e garantir a qualidade alimentar do que aqui for produzido. Além disso, oferece às startups um KitchenLab, que pode ser utilizado como showcooking, zona de provas ou de testes de conceito, e uma loja – o FoodMarket – que pretende ser uma montra para os produtos produzidos na incubadora.

 

Na cerimónia de inauguração, o presidente da Câmara Municipal de Loures realçou as virtudes deste investimento, considerando que ele “vai possibilitar que ideias passem a marcas e vai possibilitar que ideias passem a empresas na área agroalimentar”. Neste âmbito, foram apresentados testemunhos de responsáveis de três empresas que cresceram na incubadora municipal.

 

“Quem, de facto, produz a riqueza são as empresas”, notou Ricardo Leão, sustentando que “cabe às entidades públicas agilizar, facilitar e apoiar esse empreendedorismo”.

 

O autarca reforçou a ideia de que, dentro da Área Metropolitana de Lisboa, “Loures é o concelho com maior potencial de crescimento”, revelando que “inúmeras empresas” têm transmitido à Autarquia a sua vontade de aqui investir. 

 

Para Ricardo Leão, um investimento fundamental para o futuro é a criação de “um verdadeiro parque industrial”. “É um desígnio que não vou abandonar”, garantiu, acrescentando que a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR LVT) será “a parceira privilegiada para chegarmos a esse momento”.

 

Presente na inauguração esteve também a presidente da CCDR LVT, Maria Teresa Almeida, que considerou que o FoodLab “é um projeto que vale a pena”, dando conta da sua satisfação por ter sido possível apoiá-lo com verbas do POR Lisboa 2020, um programa que “tem na inovação uma grande ambição”.

 

Já o presidente do conselho de administração do MARL lembrou que esta entidade se associou ao projeto do Loures Innovation Hub (nascido há cinco anos com a designação de Loures Inova) “desde o primeiro dia”. Para Jorge Reis, o agora inaugurado FoodLab é um investimento “da maior importância”, representando “um upgrade às atividades de inovação” já desenvolvidas.

 

Finalmente, o vereador da Câmara Municipal de Loures responsável pela Divisão de Economia e Inovação, serviço que através do Loures Innovation Hub operacionalizou todo este projeto, frisou a importância de projetos como este, falando num “trabalho meritório, extraordinário, a nível regional e até nacional”. Nelson Batista sublinhou ainda que a Autarquia está “a trabalhar afincadamente para que muitas empresas se possam sediar no território de Loures”.

 




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

59 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Loures - VER TODAS

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Loures

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.