Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Baião integra as comemorações do centenário de Agustina Bessa-Luís

O Município de Baião, integra um conjunto de 14 instituições que se associam ao programa comemorativo dos 100 anos de Agustina Bessa-Luís, que se inicia a 15 de outubro de 2022 e prolongar-se-á por um ano.

Agustina Bessa-Luís nasceu em Vila Meã, no concelho de Amarante, a 15 de outubro de 1922 e morreu a 3 de junho de 2019, no Porto.

A cerimónia de apresentação das comemorações decorreu esta terça-feira, 21 de junho, no Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, em Amarante, e contou com a presença do Ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, da Diretora Regional de Cultura do Norte, Laura Castro, da filha da autora, Mónica Baldaque, de Fontaínhas Fernandes, Comissário das comemorações, de Paulo Rangel, Comissário do Município de Amarante para o Centenário de Agustina e de António Cunha, Presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), entre outras individualidades.

BAIÃO NO IMAGINÁRIO DE AGUSTINA

Em representação do Município de Baião, esteve a Vereadora da Cultura e Património Cultural, Anabela Cardoso, que procedeu à assinatura do protocolo de parceria, formalizando, assim, a adesão da autarquia ao programa comemorativo, que incluirá exposições sobre a vida e obra da escritora, produções artísticas e documentais, evocações e roteiros, entre outras ações.

A autarca realçou a ligação de Agustina Bessa-Luís a Baião, nomeadamente à Casa de Lodeiro, em Santa Cruz do Douro, e assinalou que “é com muita satisfação que o Município de Baião se associa a estas comemorações que celebram a vida e a obra de uma das maiores referências literárias portuguesas.

É uma excelente oportunidade para revisitar esta autora e para as novas gerações terem a noção da importância que teve para a cultura nacional e para toda a nossa região.

A influência de Agustina Bessa-Luís, vai muito para além de Amarante, de onde é natural e, por isso, faz todo o sentido, Baião integrar as entidades promotoras destas comemorações.”

No romance de 1979, “Fanny Owen”, Agustina narra o relacionamento entre José Augusto, homem rico, culto, de hábitos fúteis e de insípido prazer, apaixonado por uma mulher inglesa, a formosa Fanny Owen.

A Casa do Lodeiro, em Santa Cruz do Douro, casa senhorial do séc. XVIII, encerra algumas memórias trágicas sobre esta história porque pertenceu a José Augusto, que raptou Fanny e com ela casou, contra a sua vontade.

O casamento não se consumou e a senhora faleceu tísica cerca de um ano depois.

Por decisão do marido, o seu coração esteve guardado, muitos anos, num frasco de vidro na Capela da casa.

Este romance serviu de base ao filme de Manoel de Oliveira “Francisca”.

É de realçar ainda que as comemorações do centenário do nascimento de Agustina Bessa-Luís arrancam com a estreia de um filme baseado na obra “A Sibila”, cuja rodagem passou também por Baião.

As filmagens decorreram em locais como a Casa de Arcouce, em Loivos do Monte, o Carvalhal de Reixela e a Estação de Aregos.

MINISTRO DA CULTURA REALÇOU PARCERIA ENTRE ENTIDADES

Pedro Adão e Silva, Ministro da Cultura, considerou esta homenagem “mais que merecida” e acrescentou que “só teremos futuro se formos capazes de olhar para a história, para o nosso passado, a cultura e os olhares sobre o território através da arte”, elogiando ainda o facto de as comemorações do centenário de Agustina Bessa-Luís “terem juntado sete municípios associados à vida e obra da escritora, três universidades e outras entidades públicas e privadas do Norte do país, numa parceria com muitas dimensões, que é um exemplo a seguir por outras celebrações”, sublinhando ainda “a natureza exemplar como estas comemorações estão a ser organizadas”.

As comemorações do centenário do nascimento de Agustina Bessa-Luís ficarão a cargo de um consórcio liderado pela Câmara de Amarante, contando como instituições promotoras, os Municípios de Baião, Esposende, Porto, Póvoa de Varzim, Peso da Régua e Vila do Conde, a Direção Regional de Cultura do Norte, as Universidades do Porto, do Minho e de Trás-os-Montes e Alto Douro, a Entidade Regional de Turismo do Porto e do Norte, a Fundação de Serralves, a Associação de Turismo do Porto e Norte de Portugal e a RTP, contando ainda com o apoio institucional da CCDR-NORTE.




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar esta noticia, Partilhe!

57 PARTILHAS / VISITAS

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Baião - VER TODAS

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Baião

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.