Portal Nacional dos Municipios e Freguesias

Freguesia de Avelar - Municipio de Ansião

Menu da Freguesia

Avelar é uma freguesia portuguesa do concelho de Ansião, com 8,5km de área e 2 169 habitantes (2011). Densidade: 255,2 hab/km.


Avelar é referido pela primeira vez no ano de 1137.


Foi vila e sede de concelho entre 1514 e 1836. Durante a época moderna, era uma das Cinco Vilas da Comarca de Chão de Couce (juntamente com Aguda, Chão de Couce, Maçãs de Dona Maria e Pousaflores), tendo todas recebido foral em simultâneo (12 de Novembro de 1514). Era constituído apenas pela freguesia da sede e tinha, em 1801, 478 habitantes. Perdeu o estatuto de vila em 1836, tendo recuperado-o em 21 de Junho de 1995.


Embora seja uma das mais pequenas freguesias, a sua sede - a vila do Avelar - é um dos grandes aglomerados urbanos do concelho, com grandes tradições no que respeita à industrialização têxtil.


O Pelourinho de Avelar e a Igreja de Nossa Senhora da Guia são dois bons exemplos do património arquitectónico local. A Igreja, que esteve na base de uma das romarias mais concorridas da região centro do país, chegando a juntar cerca de 40 mil visitantes, sofreu obras de melhoramento há poucos anos.


Graças às muitas esmolas oferecidos à milagrosa imagem de Nossa Senhora da Guia, foi fundado nos finais do século XIX, o Hospital de Nossa Senhora da Guia, que ainda hoje está em plena actividade, sendo um dos mais conceituados estabelecimentos de sau00fade do Interior Norte do Distrito de Leiria. É gerido por uma Fundação com esse nome.


No largo da Igreja, pode admirar-se o grande Forno, que terá origem medieval. Este Forno, antigamente, estava ligado às Festas de Nossa Senhora da Guia. Nesses dias era aceso, havendo um senhor (o u00faltimo foi Teodoro Nunes), que de geração para geração, entrava no Forno bem quente, levando nas mãos a farinha para cozer e fazer um bolo enorme, e na boca, para sua protecção, um cravo. Diz a lenda que, graças à protecção divina, saía ileso. O bolo era distribuído gratuitamente pela população, que guardavam o seu pedaço na mala da roupa de um ano para o outro com a finalidade de dar sorte.



Fonte: Wikipedia


Conteúdo Brevemente Disponível

Estabelecimentos de Ensino Nesta Freguesia

Forças de Segurança Nesta freguesia

Empresas Nesta Freguesia

Sem ofertas disponíveis actualmente nesta freguesia.