Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Bem Vindo à
Freguesia de União das Freguesias de Mealhada, Ventosa do Bairro e Antes

Freguesia de União das Freguesias de Mealhada, Ventosa do Bairro e Antes - Municipio de Mealhada

Menu da Freguesia

Seguindo a linha temporal, com a conquista de Coimbra em 878 por Hermenegildo Guterres, nobre da corte de Afonso III de Leão, as terras em que se insere o concelho ficam seguras para a reocupação cristã, mas no fatídico anos de 987 regressa a mãos árabes sendo apenas reconquistadas para os cristão a 1064 por Fernando Magno de Leão e Castela.

Caminho-Romano-Mealhada Chafariz-Mealhada

Assim, as tentativas de reocupação suspensas por 77 anos foram retomadas com a instalação de vários mosteiros na zona onde o futura concelho se iria inserir, sendo os mais importantes o Mosteiro do Lorvão (Penacova), que a par com a Sé de Coimbra foi um dos maiores motores da região na época, e o Mosteiro da Vacariça, que estendeu o seu património para além dos rios Mondego, a sul, e Douro, a norte, tendo sido proprietário do Mosteiro de Leça e de terras da Maia. Os registos dessa época chegaram até nós através do Livro Preto da Sé (Velha) de Coimbra, dos registos do Livro dos testamentos do Mosteiro do Lorvão. Assim é a partir desta época que grande parte dos nomes e localização de grande parte das terras do concelho começam a surgir, em cartas de doação e documentação relativa a tributos, assim como a grande importância que o já desaparecido Mosteiro da Vacariça teve nas terras a Sul do Douro e Norte do Mondego. Para dar alguns exemplos temos referências a Vale Covo em 967, provavelmente antiga designação de Rio Covo (Barcouço); Vimieira em 967, nome actual da antiga villa romana aí existente; Villa Verde em 972 e 974, pela descrição, provavelmente antepassada da Mealhada ou de alguma das povoações à volta pois a referência é dada às margens do rio Vacariça entre Barrô (Luso) e Vimieira (Casal Comba) assim não ficam descartadas a Póvoa e o Reconco que também se situam nesta zona sendo à altura a Mealhada um paul; a Vacariça e o seu Mosteiro são referenciados em 1002, Ventosa em 981; Arinhos (Ventosa do Bairro), Antes, Luso e Várzeas (Luso) e Santa Cristina (Vacariça) em 1064; Barcouço em 1116; Pampilhosa em 1117; Pedrulha (Casal Comba) em 1123; Sernadelo (Mealhada) em 1140 mas apenas como local de cultivo, não como povoação; muitas outras referências foram feitas. Assim, e segundo estes documentos, as terras hoje pertencentes ao concelho foram propriedades destes mosteiros, da Sé de Coimbra e ainda de particulares.

Centro-Mealhada Cineteatro-Messias-Mealhada

Só a 12 de Setembro de 1514 Mealhada e Vacariça recebem foral por D. Manuel I, mas as terras do actual concelho permaneceram sob jurisdição do Bispo de Coimbra, assim o actual território pertenceu aos concelhos medievais de Coimbra (Pampilhosa), Vacariça (Vacariça, Mealhada e Luso) e Casal Comba e Ventosa (Ventosa e Antes).

Sede-União-Freguesias-Mealhada

Em 1628 estabelece-se no Buçaco uma comunidade de frades carmelitas, ali edificando o convento de Santa Cruz do Buçaco e inúmeras ermidas e capelas de penitência, que são hoje o património classificado do concelho. A Ordem dos Carmelitas Descalços ali permaneceu durante duzentos anos até à sua extinção em 1834.


Conteúdo Brevemente Disponível

Estabelecimentos de Ensino Nesta Freguesia

Forças de Segurança Nesta freguesia

Empresas Nesta Freguesia

Fábrica - Centro Ciência Viva de Aveiro

A Fábrica – Centro Ciência Viva de Aveiro resulta de uma parceria entre a Universidade de Aveiro e a Ciência Viva e está situada numa antiga fábrica de moagens de cereais do início do séc. XX, que pertenceu à Companhia Aveirense de Moagens.

A requalificação do edifício preservou as máquinas originais, que estão integradas num percurso de arqueologia industrial. Para além das exposições permanentes, o centro de ciência tem vários laboratórios, onde desenvolve uma diversificada programação para o grande público e para a comunidade escolar.

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

Morada:
Rua dos Santos Mártires, 1A
3810 - 171 Aveiro
GPS: 40.6385421753, -8.4286537170
(+351) 234 427 053

Horários:

10h - 18h (terça a domingo)

Saber mais sobre Fábrica - Centro Ciência Viva de Aveiro

OS CIRCUITOS CIÊNCIA VIVA

Os Centros Ciência Viva integram um programa de turismo do conhecimento - os Circuitos Ciência Viva - que o desafia a explorar 18 destinos em Portugal com o que de mais único pode descobrir. Em família ou com amigos, são mais de 200 as etapas que revelamos contando histórias, explicando factos, fenómenos e despertando para novas perguntas.

Partindo de cada Centro Ciência Viva, estas viagens cruzam museus e monumentos, parques e reservas naturais, grutas e minas, ateliês e oficinas, experiências de aventura e paisagens singulares.

Durante um ano, com um cartão, um guia e uma app, pode visitar gratuitamente os 20 Centros Ciência Viva, as vezes que quiser, e usufruir de vantagens em mais de 200 parceiros de todo o país.

É um presente para a família explorar durante um ano, com o espírito curioso dos viajantes.

Saiba mais aqui sobre os Circuitos Ciência Viva