Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Freguesia de Aveiras de Cima - Municipio de Azambuja

Menu da Freguesia

Aveiras de Cima é uma freguesia portuguesa do município da Azambuja. Com uma superfície de 26,16km a vila de Aveiras de Cima tinha, segundo o censo de 2011, 4762 habitantes, sendo a segunda freguesia mais populosa a seguir à sede do concelho.

A população está distribuída pela sede da freguesia e pelos lugares de Casais das Amarelas (este atravessado pela auto-estrada A1, e onde se situam as áreas de serviço), Casais da Fonte Santa, Casais Monte Godelo, Casais Vale Brejo , Casais Vale Coelho, Casais das Inglesas, Casais das Comeiras, Casais Vale Tábuas e pelos bairros satélite da Milhariça e Soldadico.

Aveiras de Cima, freguesia pertencente ao concelho de Azambuja, distrito de Lisboa, localiza-se no extremo ocidental da província do Ribatejo, distando onze quilómetros da sede de concelho e cerca de cinquenta quilómetros da capital de distrito.

Detentora de uma área de 26 quilómetros quadrados, a freguesia de Aveiras de Cima, cujo orago é o Mártir São Sebastião, é composta pelos lugares de Casais de Comeiras, Casais do Tambor, Corriola, Casais das Amarelas, Casais do Vale Brejo, Casais do Vale Coelho, Casais das Inglesas, Casais do Vale Cepo e Vaqueiras.

Confina a Norte com a freguesia de Alcoentre, a Sul com a freguesia de Vale do Paraíso, a Nascente com Pontével, do concelho Cartaxo, e a Poente com Ota, do concelho de Alenquer.

Da história inicial da freguesia de Aveiras de Cima pouco se sabe. Desconhece-se o ano da sua fundação e quem terá sido o seu fundador. Apenas a partir de 1251, data em que D. Sancho I a povoou e concedeu foral, se encontram registos exatos da sua existência.

A 13 de Setembro de 1513, D. Manuel confirmou o foral anterior e outorgou um “foral novo” a Aveiras de Cima e Vale do Paraíso. Este documento manuelino reconhecia as duas localidades (Aveiras de Cima e Vale do Paraíso) como partes integrantes de um mesmo concelho, que, na altura, pertencia à comendadeira de Santos-o-Novo. Mas, quem detinha o papel de capital administrativa era Aveiras de Cima.

No início do século XIX, o território português contava mais de oitocentos concelhos, fruto de sucessivos benefícios régios. Perante esta situação, foi promulgado, a 6 de Novembro de 1836, um decreto com o objectivo de organizar convenientemente o reino. Assim, entre vários concelhos que foi necessário extinguir, encontrava-se o de Aveiras de Cima, que passou então a pertencer ao concelho de Azambuja como freguesia.


Horário de atendimento ao público:

De Segunda a Sexta: das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 16h45


Conteúdo Brevemente Disponível

Entidades Públicas Nesta Freguesia

Forças de Segurança Nesta freguesia

Empresas Nesta Freguesia

Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Situado no Parque das Nações, em Lisboa, é o maior centro interativo de ciência e tecnologia do país. Ao longo de mais de 11 000 m2, o conhecimento científico alia-se à emoção e ao prazer da descoberta. Grandes exposições temáticas e centenas de módulos interativos estimulam a exploração do mundo físico e a experimentação por parte de visitantes de todas as idades.

O Pavilhão do Conhecimento ocupa o edifício do Pavilhão do Conhecimento dos Mares da Expo’98, uma obra premiada do arquiteto João Luís Carrilho da Graça.

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

Morada:
Largo José Mariano Gago, Parque das Nações
1990 - 223 Lisboa
GPS: 38.7603607178, -9.0956153870
(+351) 218 917 100

Horários:

10h00 - 18h00 (terça a sexta-feira)
11h00 - 19h00 (fins de semana e feriados)

Saber mais sobre Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Planetário Calouste Gulbenkian - Centro Ciência Viva

O Planetário Calouste Gulbenkian surge do sonho e da iniciativa do Comandante Eugénio Conceição Silva, Oficial da Marinha e brilhante astrónomo amador. Projetado pelo arquiteto Frederico George, foi construído com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian entre 1963 e 1965. Em 2004 e 2005 o Planetário foi alvo de uma extensa recuperação, fruto de uma parceria com a Ciência Viva, que se tornou assim no seu principal parceiro. O actual projetor consegue apresentar mais de 9 000 estrelas, bem como a Via Láctea, cúmulos estrelares e nebulosas, as figuras das constelações e linhas didáticas auxiliares.

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

Morada:
Praça do Império
1400 - 206 Lisboa
GPS: 38.6983375549, -9.2089462280
(+351) 210 977 350

Horários:

Terça a sexta-feira: 9h30 - 12h00 e 13h45 - 16h00
Sábado: 13h45 - 16h30

Saber mais sobre Planetário Calouste Gulbenkian - Centro Ciência Viva

OS CIRCUITOS CIÊNCIA VIVA

Os Centros Ciência Viva integram um programa de turismo do conhecimento - os Circuitos Ciência Viva - que o desafia a explorar 18 destinos em Portugal com o que de mais único pode descobrir. Em família ou com amigos, são mais de 200 as etapas que revelamos contando histórias, explicando factos, fenómenos e despertando para novas perguntas.

Partindo de cada Centro Ciência Viva, estas viagens cruzam museus e monumentos, parques e reservas naturais, grutas e minas, ateliês e oficinas, experiências de aventura e paisagens singulares.

Durante um ano, com um cartão, um guia e uma app, pode visitar gratuitamente os 20 Centros Ciência Viva, as vezes que quiser, e usufruir de vantagens em mais de 200 parceiros de todo o país.

É um presente para a família explorar durante um ano, com o espírito curioso dos viajantes.

Saiba mais aqui sobre os Circuitos Ciência Viva

ADQUIRIR CARTÃO

Sem ofertas disponíveis actualmente nesta freguesia.





VEJA TAMBÉM!