Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Tem filhos na escola? O Bullying é uma realidade!

O bullying é uma realidade nos dias que correm e cada vez mais pais se sentem inseguros sobre o que se passa com os seus filhos no dia-a-dia escolar.

Estar atento a sinais que os filhos transmitem durante o seu crescimento pode dar pistas importantes para se perceber se estamos perante algum caso de abuso ou de vitimas de maus tratos na escola.

 

Cada vez mais existe a preocupação de se tornar as escolas em locais de aprendizagem livres de violência e de sentimentos de mau-estar nas aulas, essa é uma tarefa díficil e com objectivos cada vez mais complexos, pois a realidade escolar mudou muito de há duas dezenas de anos até aos dias de hoje, com o rápido desenvolvimento das tecnologias e um mais fácil acesso aos telemóveis e plataformas sociais por parte dos adolescentes, um problema que teve o seu inicio nos 80 e que basicamente consistia numa forma de abuso de poder físico, hoje em dia pode estar dissimulado em outras formas de abusos, que podem não ser apenas físicas, mas também psicológicos, virtuais ou reais, e que podem afectar seriamente o desenvolvimento de uma criança ou adolescentes, deixando marcas que perduram para um vida inteira, ou mesmo levar a situações extremas de vida ou morte.

 

Deixamos algumas dicas que permitem aos pais perceberem se os seus filhos são vítimas de maus tratos, ou se fazem parte do conjunto de agressores que por norma vitimam outras crianças na escola.

 

Nem sempre é fácil os pais lidarem com um caso em que o filho é uma vítima, mas por outro lado também não é fácil para os pais lidarem com casos em que próprios filhos são os potenciais agressores.

 

ad_horizontal

 

Como detectar se o seu filho é vitima de maus tratos? Esteja atento a estes sinais:

 

- Tente perceber se o seu filho tem uma ou várias alcunhas pejorativas ou com sentido maldoso;

- Se o seu filho se recusar ir à escola sem motivo aparente, confronte-o e tente perceber o porquê da recusa;

- Se detectar a perda de bens do seu filho regularmente, é um sinal que pode estar a ser vítima de roubo ou extorsão;

- Se o seu filho não tem muitos amigos ou se torna anti-social;

- Se o seu filho com alguma frequência é alvo de brincadeiras de mau gosto;

- Se o seu filho estiver num estado de irritabilidade extrema e de falta de concentração no dia-a-dia;

- Mudança das notas escolares pela negativa;

- Falta de paciência ou alterações repentinas de humor com regularidade;

- Queixas físicas ou dores permanentes durante grandes períodos de tempo;

 

ad_horizontal

 

Caso detecte estes sinais nos seus filhos, não entre em pânico e saiba o que fazer? Recomendamos que:

 

- Nunca desvalorize as queixas dos seus filhos, esteja sempre atento ao que eles lhe transmitem e aos sinais que ai surjam;

- Dê coragem ao seu filho para enfrentar possíveis agressões, tente subir a auto-estima e fazer com que se sinta mais forte psicológicamente;

- Aborde a situação junto do meio escolar, exponha o caso juntos dos professores e responsáveis de forma a que os mesmos possam estar sensibilizados para o que se está a passar, e poderem agir em determinadas situações;

- No caso de ser detectado o agressor, o mesmo deverá ter acompanhamento psicológico, dado que uma pessoa que inflige dor nos outros não é uma pessoa equilibrada;

- Contacte as autoridades no sentido de perceber como lidar melhor a situação que o seu filho está a ser alvo.

 

Deixamos alguns contactos úteis:

Linha Jovem - 800 208 020 
Todos os dias das 9 às 18 horas

 


Linha LUA -  800 208 448

(entre as 20h00 e as 02h00)

 

Linha SOS Bullying - 808 962 006

[2ª a 6ª f. das 11-12h30 e das 18h30-20h]

 


SOS Estudante – 96 955 45 45 ou 808 200 204

(das 20h à 1h, chamada local)
Apoio emocional e prevenção do suicídio
 


Telefone da amizade 
– 228 323 535
Apoio em situações de crise pessoal e suicídio das 16h às 23h

S.O.S. Adolescente - 800 202 484 

INEM  - 112

APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima - 707 200 077 

CNPCJR Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens em Risco - 21 115 52 70

 

POR: PNMF




ENVIE ESTE ARTIGO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


Ajude a divulgar este artigo, Partilhe!
309 PARTILHAS / VISITAS

PODERÁ GOSTAR DE LEROUTROS ARTIGOS EM DESTAQUE




DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO / QUESTÃO SOBRE ESTE TEMA: