Portal Nacional dos Municipios e Freguesias


Santa Maria Maior presta tributo a Fernando Maurício

Homenagem a FERNANDO MAURÍCIO

Há muito que a população da Mouraria, bairro em que Fernando Maurício nasceu, cresceu e se tornou artista, ansiava pelo seu reconhecimento. O sonho tornou-se realidade em 2014, através da vontade do novo executivo da Junta que decidiu homenagear este grande nome do FADO, através de uma cerimónia muito emotiva, começando pela inauguração de uma obra do escultor das Caldas da Rainha José Carlos Almeida, instalada na Rua da Guia, perto da Rua do Capelão, onde nasceu. Milhares de pessoas marcaram presença nesta sentida homenagem que contou com a presença de diversos fadistas, numa Tarde de Fados. Fernando Maurício faleceu em Julho de 2003, tendo dedicado a sua vida ao Fado e à Mouraria.

 

A Junta decidiu, em 2015 Homenagear o Rei do Fado com inauguração de Casa Museu - A Casa Fernando Maurício, localizada na Rua da Guia na Mouraria, está aberta ao público de terça a domingo, das 10:00h às 18:00h.

 

ad-horizontal

Fernando Maurício Rei do Fado e da Mouraria


Detentor de uma das mais originais vozes de Fado, Fernando Maurício nasceu, em 1933, em Lisboa na Rua do Capelão, em pleno coração da Mouraria. Oriundo de uma família tradicional do Bairro, Maurício começou a cantar muito cedo. Aos oito anos já mostrava os seus dotes no "Chico da Severa", a taberna que ficava na sua rua. A carreira de Fernando Maurício nunca mais parou. Aos 13 anos cantava em associações de recreio e tornava-se profissional, passando a actuar nas mais famosas casas de fados. Maurício, que sempre gostou mais do modo popular que do vedetismo, é ainda hoje apelidado de Rei do Fado. Fadista popular, é com enorme justiça que a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior dediccou o dia 12 de julho, a Fernando Maurício com a inauguração da Casa Museu, e com a Grande Tarde de Fados.

 

Visite-a e viva o Fado!

VEJA TAMBÉM!