Portal Nacional dos Municipios e Freguesias


Operação Carnaval 2015 - Recomendações

Comunicado da Guarda Nacional Republicana



A Guarda Nacional Republicana intensifica, entre os dias 13 e 17 de fevereiro, o patrulhamento e a fiscalização rodoviária, orientando as ações para as vias mais críticas, com especial incidência para as vias que convergem para os locais onde tradicionalmente ocorrem festividades carnavalescas.
 


Durante todo o período da operação, cerca de 5500 militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito irão levar a cabo ações de caráter preventivo, com o objetivo de combater a sinistralidade rodoviária, regular o trânsito e garantir o apoio a todos os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança.


Considerando o espectável aumento do tráfego rodoviário, os militares irão estar especialmente atentos às seguintes matérias: controlo da velocidade; condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas; não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção; falta de habilitação legal para o exercício da condução. Durante a operação “Carnaval 2014”, registaram-se 944 acidentes, oito mortos, 16 feridos graves e 263 feridos ligeiros.



Perante estes números, a Guarda irá ter um empenhamento intensivo e criterioso dos seus recursos, humanos e materiais, de modo a garantir uma maior capacidade de intervenção, zelando por um Carnaval em Segurança.




Recomendações gerais para manter os seus bens em segurança em época festiva:



O Carnaval é o período em que muitas pessoas viajam e deixam as suas casas vazias, o que exige atenção redobrada dos moradores, forças de segurança, funcionários e até dos vizinhos.



Durante este período de tempo festivo, o risoc de furtos e assaltos é maior, por isso existem alguns cuidados de segurança que devem ser tidos em conta.



Para evitar contratempos, é fundamental que a prevenção seja redobrada, nas zonas residenciais, deixamos algumas recomendações caso tenha de viajar durante estes dias de Folia:



- Não deixar a chave da sua casa a cargo do porteiro ou de outra pessoa que não inspire total confiança.

- Deve verificar também se as fechaduras da sua porta ficam fechadas com duas ou mais voltas e não apenas no trinco.



- Verifique também se deixa todas as janelas bem fechadas e trancadas (de preferência com uma tranca de segurança se forem janelas de correr), e com os estores descidos.



- Caso tenham animais e não os possa levar consigo, não os deixe à sua sorte em casa fechados. Entregue-os ao cuidado de alguém de confiança. Não custa pedir ajuda a amigos, e os amigos são para estas ocasiões também, respeite acima de tudo os animais e o bem-estar deles.



- Também existem espaços que podem tomar conta dos seus animais durante alguns dias, se tiver possibilidades, recorra a esses espaços.



- Não se esqueça de fechar todas as torneiras de segurança, tanto da água como do gás, bem como desligar os equipamentos eléctricos das tomadas, nunca se sabe se não surge uma tempestade repentina e lhe cause um curto cirtuito em casa ou que danifique os seus aparelhos elétricos.



- Caso tenha acendido a lareira antes de viajar, certifique-se que a mesma está realmente apagada e inactivo, por vezes pequenos braseiros ficam acesos se se dar conta e podem dar origem a um incêndio, ou a uma nuvem de fumo dentro de casa, originado alertas desnecessários às forças de segurança.



- Informe sempre alguém de confiança que vai estar alguns dias fora, e o local para onde se vai dirigir, bem como deixe um contacto de telefone para em caso de emergência possa ser contactado.



- Caso o local onde reside tenha contrato com empresas de segurança, peça para as mesmas reforçarem a vigilância dessa zona neste período festivo.

 


Seguir estas recomendações não custa, e pode ajudar a minimizar os riscos de assalto ou de acidente na sua casa.

VEJA TAMBÉM!