Modernizacao da Linha do Oeste foi apresentada e discutida nos Pacos do Concelho

Modernização da Linha do Oeste foi apresentada e discutida nos Paços do Concelho

Modernização da Linha do Oeste foi apresentada e discutida nos Paços do Concelho

Modernização da Linha do Oeste foi apresentada e discutida nos Paços do Concelho

O auditório do Edifício dos Paços do Concelho acolheu ontem, dia 19 de março, uma sessão de esclarecimento relacionada com o período de discussão pública relativo à modernização da Linha Ferroviária do Oeste.

A iniciar a sessão, o presidente da Câmara Municipal, Carlos Bernardes fez uma breve introdução a esse processo em curso, uma das maiores intervenções ferroviárias efetuadas nos últimos anos em Portugal, tendo deixado uma palavra de congratulação pelo facto de “ter chegado finalmente a altura da modernização da velhinha Linha do Oeste, uma das mais antigas do país”.

De seguida usou da palavra o vereador com o Pelouro da Mobilidade da Câmara Municipal que realizou uma breve apresentação da 1.ª fase da modernização da Linha do Oeste. Hugo Lucas explicou que o troço desta via a intervencionar desenvolve-se entre Meleças e Caldas da Rainha, numa extensão de 87 km (entre o km 20 e o 106), sendo que a obra inclui a eletrificação do mesmo, a intervenção nos sistemas de sinalização e telecomunicações e a duplicação dos troços entre os quilómetros 20 a 31 e 38 a 45. 106 milhões de euros é o investimento financeiro que representa esta obra, prevendo-se que o respetivo projeto de execução seja concluído este semestre, a que se seguirá um concurso internacional com um prazo de 12 meses e a execução da mesma durante 18 meses. De referir que esta intervenção dá cumprimento ao Decreto-Lei n.º 568/99 de 23 de dezembro, que visa o melhoramento das condições de atravessamento da via férrea.

As ações a realizar no concelho no âmbito desta obra consistem: na implantação de uma subestação de tração e de postos autotransformadores em Runa; na atualização do layout das estações de Runa, Torres Vedras e Dois Portos; no alteamento e prolongamento das plataformas, na instalação de novos abrigos e mobiliário urbano e na renovação de infraestruturas elétricas nos apeadeiros da Feliteira e Runa e nas estações de Dois Portos, Torres Vedras, Ramalhal e Outeiro da Cabeça; e em intervenções/supressões relativamente a várias passagens de nível, mais concretamente as localizadas na Feliteira, em Dois Portos, em Casal de Sousas, em Casal das Lezírias, em Runa, na Caseta do Feno, na Caseta dos Apupos e no Outeiro da Cabeça.

Após a execução da obra, espera-se que o tempo de realização da viagem a partir de Lisboa até às Caldas da Rainha seja reduzido para cerca de metade (50 minutos), estando previsto um aumento do número de comboios diários a realizar a mesma de 8 para 24, bem como a quase duplicação do número diário de passageiros.

O presidente da Câmara Municipal revelou também na ocasião que estão a ser desenvolvidas diligências junto da Infraestruturas de Portugal para a melhoria do material circulante na Linha do Oeste, esperando-se que a intervenção a realizar venha a trazer dinâmicas urbanas diferentes às localidades próximas à realização da mesma. Carlos Bernardes revelou também na ocasião que estão a ser desenvolvidos esforços no âmbito da Comunidade Intermunicipal do Oeste para o prolongamento da intervenção na Linha do Oeste a partir das Caldas da Rainha até à Figueira da Foz, de forma a se potenciar a oferta turística da região.

As observações e contributos no âmbito do período de discussão pública desta primeira fase da modernização da Linha do Oeste podem ser efetuados até dia 27 no Portal Participa, tendo Hugo Lucas adiantado que a Câmara Municipal vai propor à Infraestruturas de Portugal a criação de espaços de interconectividade de transportes – park and ride - em vários locais de paragem de comboios no concelho.  

A sessão terminou com um período de intervenções e questões do público.

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Torres Vedras

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.



EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Torres Vedras - VER TODAS