Portal Nacional dos Municipios e Freguesias


Povoenses mais informados para prevenir incêndios

Povoenses mais informados para prevenir incêndios
16 Março 2018

Nos últimos dois meses, o município da Póvoa de Lanhoso, com o apoio dos  Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso, da GNR e do CAPA – Clube de Adoção e Proteção de Animais, promoveu ações que tiveram como objetivo sensibilizar para a Prevenção de Incêndios Florestais e  para a nova legislação referente aos Animais de Companhia. Estes momentos realizaram-se no final das eucaristias, nas Paróquias da Póvoa de Lanhoso, tendo incidido no contacto direto com as pessoas, num ambiente de proximidade e informal.

“Como balanço desta atividade, destaca-se a maior preocupação de todos para com a problemática dos incêndios florestais e para com a necessidade de serem tomadas medidas preventivas para que a tragédia do ano passado não se repita”, salienta o Vereador da Proteção Civil da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, André Rodrigues. “Para além disto, é de sublinhar ainda a proximidade e dedicação de todas as entidades intervenientes neste processo, que, desde a primeira hora, se associaram à Câmara Municipal nestas ações, pelo que destacamos o papel dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso, da Guarda Nacional Republicana, através seu núcleo de Proteção da Natureza e Ambiente, e do CAPA, sem esquecer os párocos pertencentes ao Arciprestado da Póvoa de Lanhoso, que, desde o início, foram parceiros nesta iniciativa, permitindo que as ações decorressem dentro das igrejas ou nas suas imediações”, refere ainda.

No âmbito destas ações, os munícipes tiveram a oportunidade de verem esclarecidas as dúvidas relativamente à prevenção de incêndios florestais, mais propriamente ao nível das limpezas dos terrenos à volta das habitações, de forma a proteger pessoas e bens no caso de incêndio florestal, dando assim cumprimento às mais recentes alterações da legislação.

Foram ainda abordados os cuidados a ter no uso do fogo e elencadas as medidas preventivas e corretas aquando da realização de uma queima de sobrantes agroflorestais. Importa relembrar que, recentemente, foi anulado o processo de registo de queimas de sobrantes agroflorestais nas juntas de freguesia e no município e que, de acordo com a nova legislação, é proibido o autor de uma queima abandoná-la.

Relativamente aos animais de companhia, foram abordadas algumas questões previstas na legislação, nomeadamente a identificação eletrónica dos animais, a vacinação antirrábica e o registo e licença na respetiva junta de freguesia da área de residência do detentor do animal. Importa informar que o valor das licenças dos canídeos se encontra uniformizada no concelho, sendo o valor igual em todas as freguesias.

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DE
Póvoa de Lanhoso

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer neste concelho.

EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Póvoa de Lanhoso - VER TODAS