Aprender em Festa da Palco ao Cinema de Animacao em Mangualde

“Aprender em Festa” dá Palco ao Cinema de Animação em Mangualde

“Aprender em Festa” dá Palco ao Cinema de Animação em Mangualde

“Aprender em Festa” dá Palco ao Cinema de Animação em Mangualde

Para assinalar o Dia Internacional do Cinema de Animação, que se comemora a 28 de outubro, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, promove a iniciativa “Aprender em Festa”, em parceria com o Cine Clube de Viseu. Haverá sessões de cinema dirigidas aos alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, nos dias 26 e 27 de outubro (quinta e sexta-feira), e aos alunos do Ensino Secundário, a 30 e 31 de outubro (segunda e terça-feira).

Centenas de cidades por todo o mundo dedicam o mês de outubro à animação. Mangualde faz parte desse conjunto e, no final do mês, o Cinema de Animação vai ser a vertente cultural em destaque no concelho.

Os mais novos vão poder assistir a curtas-metragens de vários realizadores, feitas entre 2014 e 2017, numa parceria com a Casa da Animação. As sessões têm a duração de 55 minutos e incluem histórias animadas, de lirismo e fantasia. O programa conta com filmes feitos, na sua maioria, com recurso ao desenho animado, demonstrando a diversidade de formas e ritmos que a técnica permite e a capacidade que o cinema de animação tem de construir histórias e criar personagens sem constrangimentos do que é real.

Os filmes escolhidos para os alunos do 1.º Ciclo têm em atenção as exigências percetivas dos mais novos, intensificando a experiência de ver cinema, contribuindo para uma maior proximidade afetiva com as artes visuais e o desenvolvimento de várias competências criativas.

Já os alunos do Ensino Secundário vão poder assistir ao filme “Paula Rego Histórias & Segredos”, realizado por Nick Willing, no Reino Unido, em 2017. Com a duração de 92 minutos, a longa-metragem revela pela primeira vez Paula Rego, mãe do cineasta. Conhecida por ser muito ciosa da sua privacidade, surpreende o seu filho com histórias e segredos da sua vida excecional. O resultado é um filme frontal, descomplexado e desconcertante, sem precisar, para isso, de recorrer a mais do que o que tem à sua frente: uma câmara, uma pessoa que conta histórias, uma imagem fixa que se abre a mil leituras.

A participação nas sessões tem um custo de 1€ por aluno.



EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Mangualde - VER TODAS