Centro de Albergaria-a-Velha vai entrar em transe sinfónico

Centro de Albergaria-a-Velha vai entrar em transe sinfónico

Centro de Albergaria-a-Velha vai entrar em transe sinfónico

Centro de Albergaria-a-Velha vai entrar em transe sinfónico

          Os Káustika prometem uma noite de transe sinfónico em Albergaria-a-Velha na véspera do feriado municipal, 20 de agosto. Na Alameda 5 de Outubro, pelas 22h00, o grupo irá fazer uma viagem por vários estilos musicais, mesclando o erudito com sons mais irreverentes. A entrada é livre.           Káustika consiste num coletivo de músicos que se conhecem, pessoal e musicalmente, por estarem ligados desde novos à música filarmónica e às bandas. O projeto tomou forma em 2007, por altura da passagem do grupo Fanfare Ciocarlia por Portugal. Na receção, o coletivo reinterpretou algumas músicas dos Balcãs do grupo alemão e o êxito da prestação permitiu a exposição a um público mais vasto.            Nos dois anos seguintes, os músicos calcorrearam o território nacional em mais de 60 atuações, quer em festivais, quer em espetáculos de rua, onde se apresentam como Fanfarra Káustika. A Queima das Fitas de Porto e Coimbra, os festivais Imaginarius, Andanças e FEMUKA, em Espanha, são alguns dos palcos por onde já passaram.           Em 2013 é editado o EP “Punk Filarmónico”, composto por temas originais, onde as sonoridades escuras e densas se misturam com temas de “uma alegria contagiante”. Dois anos depois é lançado “Transe Sinfónico”, um álbum com 11 temas que funde diferentes linguagens musicais num exercício de experimentalismo, que vai beber às influências Jazz, eruditas e populares dos músicos.           Para os Kaústika, o seu estilo tem “tudo que ver com a vontade de abrir e trilhar novos caminhos musicais, que se revelam em palco numa sonoridade escura combinada com uma atitude eletrizante e altamente contagiosa.”         



EM DESTAQUEÚLTIMAS NOTÍCIAS DE Albergaria-a-Velha - VER TODAS

 


FB