Portal Nacional dos Municípios e Freguesias

Freguesia de Rio Caldo - Municipio de Terras de Bouro

Menu da Freguesia

Esta é uma terra muito antiga, com idade denunciada em diversos vestígios. A Geira que lhe passa perto; um Castro, onde teria existido a lendária cidade romana de Abóbriga; e ainda se poderá ajuntar as calhas de Santa Eufémia que a crendice popular se apegou por julgar que nelas a pobre mártir teria sido encontrada cadáver.  

Os Povos desta freguesia gozaram do privilégio de não serem recrutados para o exército real em tempo de guerra, pois tinham o dever de velar e guardar o castelo e defender a Portela do Homem.

Nos tempos da guerra da independência contra Castela (1383-1385), foi por aqui que os galegos invadiram Portugal. O abade do Mosteiro de Bouro armou 600 guerreiros e derrotou todos os invasores, tendo recebido agradecimentos do próprio D. Nuno Alvares Pereira e sendo lhe concedido o privilégio de trazer Pajem de armas, em sinal de dignidade de Capitão-mor das suas terras.   

A partir de uma pequenina ermida dedicada a S. Bento, corria o ano de 1640, o templo de hoje foi levantado em 1895, tendo iniciado a sua construção em 1980.

Posteriormente, foram colocados azulejos no exterior e aumentada a torre. No interior, as paredes são forradas com granito polido, e os vitrais de todas as janelas e grandes painéis de azulejos, nas paredes da capela-mor, invocam a vida do Santo. Nos dias das grandes peregrinações, reúnem-se aqui milhares e milhares de devotos, que vindos especialmente a pé, chegam de concelhos vizinhos ou de outros mais distantes. Vêm pagar as graças recebidas de S. Bentinho.

A igreja matriz da freguesia é um templo restaurado em 1730. No interior, a talha é da renascença, existindo um ostensório, de idêntico estilo, que se transforma em monumental cálice, desmontando-se-lhe o pé.

Referencias também para a Capela de São Cristóvão no lugar de São Pedro, e Santa Luzia no lugar de Matavacas, e mais duas de particulares, uma no lugar de Paredes, tendo como patrona Nossa Senhora da Conceição, e outra no lugar da Leira Chã, tendo como patrono São Brás.


Conteúdo Brevemente Disponível

Entidades Públicas Nesta Freguesia

Estabelecimentos de Ensino Nesta Freguesia

Forças de Segurança Nesta freguesia

Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

O “Curtir Ciência” está instalado nos edifícios originais da antiga fábrica de curtumes Âncora, um complexo do séc. XIX anterior à industrialização. É um dos mais emblemáticos edifícios da histórica Zona de Couros, que conserva as estruturas utilizadas nos processos tradicionais do curtimento de peles.

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

Morada:
Rua da Ramada, 166
4810 - 445 Guimarães
GPS: 41.4395217896, -8.2919483185
(+351) 253510830

Horários:

Dias úteis: 9h00 - 18h00
Fins-de-semana e feriados: 11h00 - 19h00
Saber mais sobre Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Planetário - Casa da Ciência - Centro Ciência Viva de Braga

No Planetário - Casa da Ciência de Braga há um módulo em destaque: o Planetário. Totalmente digital e imersivo, com 30 lugares sentados, os visitantes podem assistir a documentários científicos a 360º ou aprender astronomia com a simulação em tempo real do céu nocturno. Um espaço para todas as idades, com tecnologia sofisticada e conduzido por monitores altamente especializados.

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

Morada:
Rua Maria Delfina Gomes 4 - Gualtar
4710-054 Gualtar - Braga
GPS: 41.5649337769, -8.3958702087
+ 351 253 695236 | + 351 964 351 350

Horários:

Segunda à Sexta-feira: 9.30h às 12.30h | 14.30h às 17.30h

Período semanal reservado para grupos escolares durante período letivo mediante marcação prévia e confirmação da equipa do Planetário- Casa da Ciência de Braga.

No mês de agosto e períodos de interrupção letiva o horário de funcionamento está sujeito às atividades disponíveis.

Aberto ao público em geral para sessões de Planetário Imersivo Digital mediante divulgação de atividades e sujeita a inscrição obrigatória e prévia no separador "MARCAÇÕES".

Saber mais sobre Planetário - Casa da Ciência - Centro Ciência Viva de Braga

OS CIRCUITOS CIÊNCIA VIVA

Os Centros Ciência Viva integram um programa de turismo do conhecimento - os Circuitos Ciência Viva - que o desafia a explorar 18 destinos em Portugal com o que de mais único pode descobrir. Em família ou com amigos, são mais de 200 as etapas que revelamos contando histórias, explicando factos, fenómenos e despertando para novas perguntas.

Partindo de cada Centro Ciência Viva, estas viagens cruzam museus e monumentos, parques e reservas naturais, grutas e minas, ateliês e oficinas, experiências de aventura e paisagens singulares.

Durante um ano, com um cartão, um guia e uma app, pode visitar gratuitamente os 20 Centros Ciência Viva, as vezes que quiser, e usufruir de vantagens em mais de 200 parceiros de todo o país.

É um presente para a família explorar durante um ano, com o espírito curioso dos viajantes.

Saiba mais aqui sobre os Circuitos Ciência Viva

Sem ofertas disponíveis actualmente nesta freguesia.