Bem Vindo a<br>Freguesia de Amor

Freguesia de Amor

Menu da Freguesia

Amor, aldeia constituída como freguesia no ano de 1630.
A origem do seu nome não se sabe ao certo, embora existam algumas lendas e mitos acerca do seu aparecimento.

A maioria dos habitantes da freguesia acredita na lenda que liga o nome aos amores atribulados de D. Dinis. Esta diz que o nome da freguesia se deve ao facto de D. Dinis manter nesta localidade uma amante, A mór, assim denominada por ter sido escolhida para sua amante. Segundo esta teoria, a designação A mór foi sofrendo modificações ao longo dos tempos até tornar o que é hoje o actual nome da freguesia: Amor. Mas existem algumas duvidas em relação a esta explicação pois num documento, redigido por D. Sancho II, traduzido para português actual pode ler - se: Todos os jurados (...) disseram (...) também Domingos Chanca possui moinhos em amor e o senhor rei não recebe dai os seus direitos (...) . Ora tendo o reinado de D. Sancho II sido de 1223 a 1247 e o de D. Dinis de 1279 a 1325, significa que o nome Amor utilizado para denominar um local em Portugal Continental era já anterior a lenda que é tida como explicação.

Outra teoria sobre esta terra e a origem do seu nome é que Amor antigamente fora navegável. E que nessa altura chamavam ao Alto de S. Paulo, Almore - que quer dizer o sitio mais alto. E ao longo dos tempos e com a evolução da língua a palavra Almore foi perdendo as letras l e e dando origem ao que é hoje: Amor.

Ainda outro mito curioso em relação ao nome da freguesia é que muitos habitantes acreditam que esta terra deriva o seu nome de Jerumenha. Segundo a lenda um habitante local desconhecido partiu para a localidade de Jerumenha, Alentejo, para lutar contra os franceses na altura das invasões. Ele alcançou o que mais nenhum tinha conseguido, o rei, para o felicitar deu- lhe o sobrenome de Jerumenha, para ele o poder passar aos seus sucessores, nome esse que ficou como nome da terra onde habitava, Amor.

 


 

Enquadramento geográfico

A freguesia de Amor situa-se a 10km de Leiria. Fica situada entre Leiria, Marinha Grande e Monte Real. É atravessada por um afluente do Rio Lis e pela E.N. 349-1.

Mapa

A freguesia é composta por doze lugares, sendo eles: Amor, Barradas, Barreiros, Brejo, Casal dos Claros, Casalito, Casal Novo, Coucinheira, Lezíria dos Paus, Ribeira da Escoura, Toco e Brejieira.

 



Conteúdo Brevemente Disponível

Estabelecimentos de Ensino Nesta Freguesia

Forças de Segurança Nesta freguesia

Empresas Nesta Freguesia