Portal Nacional dos Municípios e Freguesias


O Baile | Aldara Bizarro

Em 29-06-2019

O Baile é um espectáculo de dança que envolve a comunidade. Uma experiência que pretende encenar um baile inspirado nos antigos bailes de Aldeia e de Bairro, habitualmente organizados por coletividades, que tinham música ao vivo e que, na sua maior parte, eram o acontecimento mais importante para o grupo que participava e que o organizava.
Artur Fernandes cria a música do projeto e utiliza o seu instrumento de eleição, o acordeão, compõe a música para o grupo, não só para ser tocada pelo seu trio, ao vivo, mas também por uma banda local de 10 músicos que faça também parte do projeto.
Costanza Givone, um grupo de intérpretes de dança e de teatro, encontra outros desenhos para as danças que se dançavam naqueles bailes e ajuda a estimular a recuperação de vivências particulares das pessoas que colaboram no projeto tornando esses momentos pontos fortes do espectáculo.

O espectáculo, que se previa ter tido uma vida moderadamente curta, esteve em circulação até hoje. É adaptado a vários grupos e realidades, desde o Norte a Sul do país, e assim se cria um Baile que conta a história dos participantes.

Aldara Bizarro, Maputo 1965. Estudou dança em Luanda, Lisboa, Nova Iorque e Berlim. Como intérprete trabalhou com Paula Massano, Rui Horta, Paulo Ribeiro, Francisco Camacho e Madalena Victorino.

Começou a coreografar em 1990 com a peça Me my self and influências, premiada no IV Workshop Coreográfico da Companhia de Dança de Lisboa. Desde então, assina as suas peças, que têm sido apresentadas nas melhores salas do país destacando a trilogia Love Series, Uma Bailarina, A Preguiça Ataca? Projeto Respira, Cara, O Baile e A Nova Bailarina, a última distinguida pelo jornal Público como uma das melhores peças de 2011. No último ano, criou Sombra para o CCB e a convite do Alkantara Festival, o Gráfico do Gesto. Como formadora trabalha com o Forum Dança, Escola Superior de Dança, Centro Cultural de Belém, Fundação Calouste Gulbenkian, Centro Cultural Vila Flor, ArtemRede, SMUP e outros teatros nacionais. Foi diretora artística de Jangada, uma estrutura de dança financiada pela Direção Geral das Artes durante 16 anos. Atualmente desenvolve projetos para jovens e para a comunidade, cruzando a dança com outras artes, com enfoque na componente artística, social e pedagógica.

Costanza Givone, Heidelberg, 1983. Estudou dança contemporânea na ESMAE, no Porto, no CEM, em Lisboa e no CPDC, em Florença, e teatro, no Teatro del Giglio (Lucca). No seu percurso artístico destaca as coreógrafas Madalena Victorino, Aldara Bizarro, André Braga e Cláudia Figueiredo com as quais trabalhou como intérprete. Desde 2012 desenvolve projetos pessoais em colaboração com artistas de diferentes áreas destacando: Fogo Lento (projeto vencedor da Bolsa Isabel Alves Costa 2018), Familias (projeto-satélite Circolando), Viagem ao País da Levitação (estreia e coprodução Teatro Maria Matos, 2014), Santas de Roca (Artemrede 2013), Salomè ha Perso il Lume (finalista do Premio Scenario, estreia no FIMFA).

Isabel Costa, Isabel Costa, Porto, 1987. Mestre em Práticas Artísticas Contemporâneas pela Faculdade de Belas Artes da UP e Licenciada em Dança pela Escola Superior de Dança do IPL. O seu trabalho situa-se nas áreas da dança, teatro, performance e vídeo arte, destacando os projetos Álbum de Família Teatro Oficina (2017), Ando a Estudar Para Ser Poeta e embodied natures 2015). Colabora desde 2009 com vários artistas destacando Aldara Bizarro, Alexandre Sá, Daniel Pinheiro, Joclésio Azevedo, Tales Frey, Comédias do Minho, Fértil-
Associação Cultural, Teatro Oficina, ACE-Academia Contemporânea do Espetáculo, Serviço Educativo do Balletreatro Escola Profissional, Escola de Dança do Centro Municipal da Juventude de Vila do Conde e Escola de Dança JUM- onde assume a direção artística desde 2006.

Manuel Henriques, Manuel Henriques, Lisboa, 1986. É licenciado pela Escola Superior de Teatro e Cinema (2008) e Mestre em Master in International Performance Research (2011). Actor e Intérprete, trabalhou com Alexande Lyra Leite, Francisco Salgado, Paulo Lage, Ana Padrão e Caroline Bergeron, entre outros. Fez assistência de direção a Pedro Gil. Nas áreas da dança e performance trabalhou com Joana Antunes, Aldara Bizarro, Vera Mantero e Companhia CiM /VoArte. Em Cinema/Vídeo trabalhou em curtas-metragens de Pedro Miguel Resende e Miguel Nicolau. Para além de ator e intérprete é também criador e formador.

Bruno Rodrigues, Bruno Rodrigues, Lisboa, 1981. É licenciado pela ESD e pelo IST. É membro do Danceability International e formador certificado pelo IEFP. Atualmente é bailarino e corógrafo da CiM–Companhia de Dança, bem como, responsável pedagógico pela formação MOVE YOUR SKILL e pela encenação e direção de atores/artística do Immersive Gaming. Professor de dança contemporânea, criativa, improvisação e dança inclusiva.

Susana Domingos Gaspar, Susana Domingos Gaspar, Torres Novas, 1980. Licenciou-se em Dança, ramo de Espetáculo, na Escola Superior de Dança, fez o Curso de Coreografia do Programa Gulbenkian de Criatividade e Criação Artística, e de Dança na Comunidade no Fórum Dança. Pós-graduou-se em Fasciaterapia/Somatologia. Dançou em Sequência.Situações de Né Barros, Caruma e Chão, de Madalena Vitorino, Avesso, de Marina Nabais, A Vós de Ainhoa Vidal, A Viagem de Filipa Francisco, O Baile de Aldara Bizarro e Ka coordenado por Vera Alvelos. Assistiu Manuela Pedroso em Planalto e Costanza Givone em Tempo rói. Colaborou com o Teatro de Montemuro, na peça Sem Sentido e com a Amarelo Silvestre em Mina. Coreografa desde 2015.


Artur Fernandes, Águeda, 1966. Nasceu no seio de uma grande família de músicos. Formação Musical repartida pela música folclórica, desde 1979 a 94, ao toque da Concertina; e pela música clássica, desde 1984 a 96 ao toque do Saxofone no Conservatório de Aveiro e nas pautas da Composição na Universidade de Aveiro. Atividade artística dividida entre a revificação de Música Tradicional e a criação de “Música Popular de Câmara”: com Danças Ocultas (9 CD’s editados e centenas de concertos em 24 países); com outros projetos artísticos pontuais relacionados com a revificação da tradição; como convidado de outros artistas em áreas como o Pop/Rock, Heavy Metal, Tradicional, Jazz, Popular; como compositor e arranjador de música para Cinema, Teatro e Dança Contemporânea. Atividade pedagógica repartida entre o ensino de Concertina em cursos e estágios e Composição no Conservatório de Música de Coimbra.

Miguel Calhaz, Sertã 1973. Mestre em Ensino de Jazz/contrabaixo pela ESMAE/IPP, Licenciado em Educação Musical (IPG) e em Instrumento/Jazz (ESMAE) Contrabaixista, cantor e compositor com projetos em nome próprio. Professor no Conservatório de Música de Coimbra.

Marco Figueiredo nasceu em Coimbra em 1977, estudou no conservatório de Coimbra piano e composição, mais tarde dedica-se ao jazz e tem aulas com Paulo Gomes e João Paulo Esteves da Silva. Licenciado em jazz pela Escola Superior de Música e das Artes do espetáculo do Porto, e finalista de mestrado pela universidade de Aveiro. Tem quatro discos editados em nome próprio e algumas colaborações no trabalho de outros músicos. Músico Freelancer e professor de piano e harmonia no conservatório de música Calouste Gulbenkian de Aveiro.

Ficha Técnica | Concepção, direção e coreografia Aldara Bizarro | Interpretação/co-criação Costanza Givone, Isabel Costa, Bruno Rodrigues, Manuel Henriques e Susana Gaspar | Criação Musical Artur Fernandes | Interpretação musical Artur Fernandes, (concertina), Marco Figueiredo (piano) e Miguel Calhaz (contrabaixo) | Desenho de luz Fancisco Tavares Teles | Operador de Luz João Teixeira | Operador de som Miguel Dias | Vídeo Catarina Santos

O Baile é uma iniciativa integrada no programa do Serralves em Festa, realizada em parceria com o Manobras no Porto - Centro Histórico 2011/2012. É uma produção de Jangada com financiamento da DGArtes- apoios bienais 2012.


Dança | Sáb, 29 jun | 22h00 | Duração 01h10

Local: Praça de Sá da Bandeira




ENVIE ESTE EVENTO POR EMAIL PARA UM(A) AMIGO(A) >>


PODERÁ GOSTAR TAMBÉMOUTROS EVENTOS NO PAÍS - VER TODOS

As Naus de Verde Pinho
Tasting Fado

RECEBA DIARIAMENTE AS NOTÍCIAS E EVENTOS DO PAÍS

Registe aqui seu email para receber diariamente as últimas notícias e os próximos eventos a decorrer em todo o País.